Aleteia

O demônio tem mais poder à noite ou em determinada época do ano?

Compartilhar
Comentar

Quem responde é o Pe. Fortea, exorcista que acompanhou um dos casos mais graves de possessão diabólica da Espanha, conhecido como o “Caso de Marta”

Quem nos responde esta pergunta é o Padre José Fortea. Ele é um padre Espanhol com o Ministério de Exorcismo e foi o responsável por ter acompanhado um dos casos mais graves de Possessão Diabólica da Espanha, conhecido como o “Caso de Marta”.

Vamos portanto a resposta:

“O poder do Demônio sobre nós depende somente da permissão de Deus e da nossa fraqueza. Deus pode não permitir que alguém seja tentado, ou que alguém não seja tentado além de suas forças. Por outro lado, quanto mais fraca for uma pessoa, mais poder e influências tem a tentação sobre ela.

Mas estes esclarecimentos devem deixar claro que a hora do dia, a data e o lugar são indiferentes! Eles constituem somente o ambiente da tentação, sem que estes influenciem em nada.

Embora seja verdade que se peque mais a noite já por estar mais cansados e por não ter a mente ocupado com os nossos trabalhos.
Também o dispor de tempo livre, nos ajuda a fazer mais bem ou mais mal, de podermos nos dedicar a oração, as obras de caridade, etc…ou então o de podermos nos dedicar a luxúria, as rixas familiares, ao jogo, a bebida e etc…

Este esquema pode parecer simplista, mas a experiência nos mostra que por vezes os esquemas simplistas funcionam!”

Portanto, Padre José Fortea nos afirma que não é a hora do dia que determina a força de ação do Demônio sobre uma pessoa. Algumas pessoas, por informações erradas e até mesmo distorcidas, ja afirmaram no passado, que os ministros de Oração não podiam atender em oração casos de Libertação a noite, porque “poderia ser perigoso”, porque o Demônio era mais forte e coisas do tipo…É o próprio Padre José Fortea que afirma, por experiência, que a hora é indiferente…

Um dia, eu pessoalmente conversei isso com o Padre Duarte Lara também, levantando esta questão, e obtive do mesmo exatamente a mesma resposta.
Acredito que a experiência destes dois Exorcistas, e aquilo que eu já experimentei também no meu ministério, pode ser levado em conta.

 

(via Livres de todo mal)

Boletim
Receba Aleteia todo dia