Aleteia

Você sofre de impaciência? Conheça as dicas deste santo famoso (e impaciente)

Por Africa Studio
Compartilhar
Comentar

São Cipriano nos ensina a enfrentar um dos maiores vícios do nosso tempo

Eu sou tão impaciente que, se meu filme online não carregar bem rápido, eu já vou logo pensando que Deus está me castigando. E se uma página da web demora para abrir , eu fecho com desprezo e sigo em frente.

Eu notei esse problema também nos meus relacionamentos pessoais. É difícil esperar que outros se decidam quando eu acho que já resolvi o problema ou sei que tipo de pizza devemos escolher ou acho que conheço a melhor maneira de resolver um conflito. Odeio esperar.

Certa vez, observei meu avô pacientemente e cuidadosamente separando uma dobradiça velha e enferrujada. Ele a limpou por cerca de uma hora e voltou a trabalhar com ela. Eu teria jogado aquela coisa fora imediatamente e compraria uma nova. Mas há sabedoria no jeito dele. A impaciência é, talvez, o grande vício do nosso tempo. Nós dirigimos rapidamente, comemos alimentos que são feitos rapidamente e queremos que a igreja seja rápida. Parece também que somos rápidos em formular conclusões sobre as pessoas, queremos ganhar dinheiro rapidamente e ficamos impacientes com aqueles que, de alguma forma, nos atrasam.

São Cipriano, cuja festa celebramos em 14 de setembro, conhece minha dor. No norte da África, no século III, a paciência estava desgastada. Os cristãos estavam sendo perseguidos e a pressão sobre eles era muito grande. Durante este tempo, Cipriano tornou-se bispo de Cartago. O povo da cidade o amava, mas ele foi eleito contra a vontade de outros bispos. Nesta atmosfera de perseguição e desconfiança, digamos apenas que Cipriano disse e fez algumas coisas de que ele se arrependeu mais tarde. Mas ele se recusava obstinadamente a mudar de opinião, até ao ponto de discordar publicamente do próprio Papa.

Cipriano ficou conhecido, desde então, como um homem com problemas de paciência. Mas, para seu crédito, ele reconheceu isso e tentou modificar seus caminhos. Ele trabalhou duro em um livro intitulado “A vantagem da paciência“, no qual oferece alguns conselhos sobre o assunto.

Fr Lawrence Lew OP | CC BY-NC 2.0

Cipriano é venerado como um mártir. Então, temos a divertida situação em que um homem famoso por ser atormentado se tornou um santo e ficou conhecido por dar o melhor conselho sobre como remediar a impaciência. Este é realmente o caso de alguém que conhece o assunto a partir de uma experiência íntima e em primeira mão.

O conselho de Cipriano é simples, de verdade. Para nos tornarmos mais pacientes, primeiro temos que estar convencidos de quantos benefícios há nisso. A vida está cheia de obstáculos, e a paciência é a chave para permanecermos em paz e felizes enquanto trabalhamos neles. Cipriano fala ainda como o estresse do trabalho, os problemas de saúde e as pessoas más podem nos levar a agir de forma precipitada. Muitas vezes, reagimos rapidamente e acabamos prejudicando as pessoas que amamos ou tomamos decisões mal consideradas, de que mais tarde nos arrependemos. Ele aconselha que as grandes decisões sejam tomadas depois de um longo tempo. O santo também menciona quantos outros hábitos, como o autocontrole, a paz de espírito, a devoção aos entes queridos e a gentileza estão todos ligados ao fato de ter paciência. É incrivelmente útil ter em mente todos esses benefícios da paciência quando estamos lutando com isso. No final, a recompensa é muito melhor do que a gratificação imediata de uma ação precipitada.

Uma última dica? Cipriano recomenda que lembremos o tempo em que os outros foram pacientes conosco e o quanto isso significou para nós. Ele menciona especialmente como Deus é paciente com nossos erros, mas também podemos considerar as outras pessoas.

Como diz Cipriano, “esperem uns aos outros”.

Boletim
Receba Aleteia todo dia