Aleteia

Adolescente submetido a mudança de sexo se arrepende após 2 anos

Compartilhar
Comentar

Mas os defensores da ideologia de gênero "se esquecem" de divulgar esse tipo de fato

Um adolescente australiano, com a permissão de sua mãe, fez uma terapia hormonal de mudança de sexo a fim de tornar-se mulher, mas, dois anos depois, se arrependeu.

Entrevistado no programa de televisão 60 Minutes Australia, Patrick Mitchell revelou que começou a terapia aos 12 anos.

Naquela ocasião, disse ele, “eu tinha uma imagem de como é ser menino ou menina, mas é bem diferente quando você realmente experimenta”.

O menino foi diagnosticado com “disforia de gênero” e deu início a um tratamento hormonal que, como consequência, fez crescerem os seios de Patrick. Agora, os seios terão que ser reduzidos por meio de uma cirurgia na Coreia do Sul. Patrick afirma:

“Comecei a me desenvolver como menina, que era o que eu queria naquele momento, mas agora não é mais o que eu quero”.

Quando lhe perguntaram por que resolveu interromper a terapia de mudança de sexo, Patrick respondeu:

“Eu percebi que posso ser feliz sem mudar totalmente quem eu sou”.

A cirurgia de redução de mama, disse o menino, será “provavelmente o último passo para voltar ao normal”. Ele pretende deixar de usar roupas soltas e poder “nadar e praticar esportes”.

A reportagem

Confira o vídeo de 15 minutos com a reportagem do programa australiano:

______________

Com informações da agência ACI Digital

Boletim
Receba Aleteia todo dia