Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 05 Agosto |
Santos Vardan e companheiros
home iconAtualidade
line break icon

Terremoto no México: castigo de Deus contra os católicos?

EARTHQUAKE

Hazael R-(CC BY-NC-SA 2.0)

SIAME - Aleteia Brasil - publicado em 20/09/17 - atualizado em 20/09/17

Bispo responde a um pastor protestante que incentivou os católicos a mudarem de religião depois que o terremoto causou estragos em várias igrejas

Depois do terremoto de 7 de setembro, que castigou fortemente uma parte importante do México, causando prejuízos nos estados de Chiapas e Oaxaca, começaram a circular nas redes sociais vários vídeos e mensagens de pregadores que asseguram a proximidade do fim do mundo e se referem a um suposto “aborrecimento” de Deus contra a Igreja Católica. Diante dos comentários, o bispo de San Cristobal de las Casas, monsenhor Felipe Arizmendi, viu-se na necessidade de se posicionar sobre a situação.

Ignorância

O bispo lembrou os prejuízos causados pelo terremoto de 8.2 graus na escala Richter, que provocou a morte de mais de cem pessoas, deixou milhares de casas, escolas e centros de saúde destruídos e derrubou ou danificou templos religiosos dos séculos XVI e XVII. O monsenhor ainda explicou que os prejuízos às igrejas foram usados como pretexto por um pastor protestante de Chiapas – considerado o estado menos católico do país – para difundir a ideia de que o terremoto é uma prova de que Deus não quer a Igreja Católica, e que, por isso, a população católica deveria mudar de religião.

Arizmendi referiu-se a este fato como uma grande “ignorância”, pois, segundo ele, “templos protestantes também foram derrubados e morreram vários evangélicos”, principalmente na Costa de Chiapas, onde mais se sentiu o efeito devastador do terremoto.

O bispo, que convocou as autoridades a restaurar os templos, pois são propriedades da federação, deixou claro que não foi um tremor seletivo de Deus contra os católicos. “Todos somos pecadores e quem diz que não é comete dois pecados graves: a mentira e o orgulho”.

Ele assegurou também que o terremoto não é uma prova do fim do mundo, como os outros pregadores afirmam. “Os cientistas explicam este terremoto como um movimento brusco da placa tectônica chamada de Cocos nas praias de Chiapas, que é parte de uma falha que vem desde a Califórnia. É algo natural, não um castigo de Deus”, afirmou.

Onde está a Igreja?

O bispo disse que, devido ao noticiário da televisão mostrar apenas o que o governo está fazendo, algumas pessoas se perguntam: onde está a Igreja? A esse respeito, ele esclareceu: “Passamos por inundações e outros fenômenos e é a nossa gente da Igreja a primeira a ajudar, pois estamos no meio do povo e chegamos aonde não chega o governo nem a televisão. Sou testemunha da ajuda mútua, fraterna e imediata de vizinhos, das famílias, dos catequistas, dos paroquianos, da fundação Caritas e dos agentes de pastorais, embora tudo isso não passe na televisão. Que sua mão esquerda não saiba…”

Arizmendi ainda afirmou que “o terremoto não é castigo de Deus, mas uma advertência: não somos deuses, somos fracos e em qualquer momento podemos morrer. As coisas pelas quais lutamos, como uma boa casa, um carro novo e uma televisão grande passam e, em um instante, ficam reduzidas a nada. Por isso é preciso apreciar o que é mais valioso, ou seja, Deus, a família, as boas relações, o serviço à comunidade. Isso não passa, não é destruído; isso dura para sempre”.

Solidariedade

Por fim, o bispo assegurou que os estados afetados têm recebido a solidariedade nacional e internacional, pela qual “agradecemos de coração”.

Ele destacou também o trabalho de milhares de voluntários, os serviços das diferentes instâncias do governo, assim como do Exército Mexicano. Mas lamentou que existam “políticos que aproveitam da desgraça para conseguir votos”, bem como “pessoas que se limitam a ver de longe o sofrimento alheio e criticam a todos, mas não movem uma palha para ajudar os que ficaram sem nada”.

Arizmendi convidou os fiéis a fazer doações para as vítimas do terremoto e a orar, “porque a oração tem uma força incrível”.

ATUALIZAÇÃO: no dia 19 de setembro, outro terremoto, desta vez de magnitude 7.1 graus na escala Richter, atingiu a Cidade do México. Mais de duzentas pessoas morreram e pelo menos 45 edifícios ficaram destruídos.

Tags:
CatólicosIgreja
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
5
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Princesa Diana no Accord Hospice
Reportagem local
Um padre católico acompanhou a princesa Diana na madrugada de sua...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia