Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconReligião
line break icon

A católica que vive há 3.000 dias no inferno à espera do enforcamento

© public domain

Isabelle Cousturié - publicado em 25/09/17

Presa no Paquistão por "blasfemar contra o islã", ela sobrevive sob a angústia de não saber o dia nem a hora

Em 2009 ela foi condenada à morte sob a acusação, mundialmente questionada, de “ter blasfemado contra o islã”. Em 2017, passados mais de 3.000 dias e noites de angústia, solidão e terror inimagináveis, ela ainda aguarda o veredito final.

A católica paquistanesa Asia Bibi foi jogada na prisão em 14 de junho de 2009. Um ano depois, a mulher casada e mãe de 5 filhos foi condenada à morte pela acusação de blasfêmia. Desde 2013, após duas transferências de presídio, ela fenece em uma das três celas sem janelas do corredor da morte de Multan, no Punjab.

Em 2014, o Supremo Tribunal do Paquistão adiou o julgamento de um recurso porque 150 especialistas na “lei islâmica”, os muftis, simplesmente ameaçaram de morte qualquer um que viesse a ajudar os “blasfemos” do país. A partir daí, o caso não avançou nenhuma vírgula. Em 30 de agosto de 2017, Asia Bibi completou 3.000 dias de encarceramento.

Sua família vive como se ainda corressem tempos de catacumbas – e, no Paquistão, ainda são esses os tempos que correm para os cristãos. As únicas coisas que se ficam sabendo sobre Asia Bibi e sua família são as que vêm do seu advogado, o muçulmano Saif ul Maluk. Ele conta que a cliente está bem e ainda espera a libertação. Por outro lado, o Supremo Tribunal do Paquistão parece ter-se esquecido do caso. Não há decisão definitiva entre a sentença de morte e a soltura.

Ao longo desses mais de 3.000 dias, porém, Asia Bibi não parou de rezar nem de pedir orações.

A mulher cristã que se tornou um ícone para todos os que lutam no Paquistão e no mundo contra a violência em nome da religião compôs no ano passado uma oração por ocasião da Páscoa. Esta prece a acompanha em seu cativeiro:

Senhor Ressuscitado, permite que a tua filha Asia ressuscite contigo. Rompe as minhas correntes, liberta o meu coração para além destas barras e acompanha a minha alma, para estar perto das pessoas que eu amo e sempre perto de ti. Não me abandones no dia do tormento, não me prives da tua presença. Tu, que sofreste a tortura e a cruz, alivia o meu sofrimento. Sustenta-me perto de ti, Senhor Jesus. No dia da tua ressurreição, Jesus, eu quero orar pelos meus inimigos, por aqueles que me feriram. Rezo por eles e te peço que os perdoes pelo mal que me fizeram. Peço-te, Senhor, que retires todas as barreiras, para que eu alcance a bênção da liberdade. Peço-te proteção para mim e para a minha família.

Já se vão mais de oito anos de sofrimento, angústia e esperanças quase sufocadas, mas mantenhamos a nossa oração acesa e os nossos atos de apoio vivos, porque, rezando por ela e dando-lhe apoio, estamos rezando e apoiando a todos os cristãos perseguidos mundo afora, em meio aos seus sacrifícios inimagináveis.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
EsperançaMuçulmanosPerseguição
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia