Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 15 Janeiro |
Santo Arnoldo Janssen
home iconAtualidade
line break icon

Estimulação nervosa ‘aumentou consciência’ de homem em estado vegetativo

HANDS HOSPITAL

P.RAZZO/CIRIC

Agências de Notícias - publicado em 25/09/17

Pesquisadores disseram nesta segunda-feira que uma técnica de estimulação nervosa pode ter aumentado o nível de consciência de um homem de 35 anos que estava em estado vegetativo há anos.

O estudo, publicado na revista americana Current Biology, é baseado em um só paciente, mas os pesquisadores disseram que planejam expandir seu trabalho a outros devido aos avanços que observaram neste homem, que ficou incapacitado em um acidente de carro há 15 anos.

“A plasticidade cerebral e a reparação cerebral ainda são possíveis mesmo quando a esperança parece ter desaparecido”, disse a pesquisadora Angela Sirigu, do Instituto de Ciências Cognitivas Marc Jeannerod em Lyon, França.

“É possível melhorar a presença de um paciente no mundo”, assegurou.

O processo inclui a utilização de um implante no peito para enviar pulsos elétricos ao nervo vago, que conecta o cérebro a outros órgãos importantes do corpo.

A estimulação do nervo vago já é usada para tratar pessoas com epilepsia e depressão.

Segundo o estudo, o homem mostrou melhoras significativas em termos de atenção, movimento e atividade cerebral após um mês de estimulação desse nervo.

Ele começou a responder a ordens simples, como seguir um objeto com os olhos e virar a cabeça. Também parecia mais alerta e era capaz de ficar acordado enquanto escutava seu terapeuta ler um livro.

O paciente reagiu, ainda, a estímulos ameaçadores de uma forma que não fazia há anos – abrindo muito os olhos quando um examinador movia o rosto de repente em direção a ele.

No entanto, o tratamento não devolveu ao paciente seu estado original. Em vez disso, foi considerado que ele passou de um estado vegetativo a “um estado de consciência mínima”, de acordo com os exames cerebrais.

Isto significa que a “consciência se mantém gravemente alterada mas, em contraste com o estado vegetativo, há uma mínima mas definitiva evidência comportamental de consciência pessoal ou do contexto”, explicou Tom Manly, especialista em ciências cerebrais da Universidade de Cambridge.

Manly, que não participou do estudo, o descreveu como “potencialmente muito emocionante”, mas pediu cautela para determinar “se esta mudança no paciente é uma mudança real”.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia