Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

A visão demoníaca que inspirou a composição da oração de São Miguel Arcanjo

ST MICHAEL THE ARCHANGEL
Shutterstock
Compartilhar

E como a oração se tornou tão importante para os católicos

Em 1886, o Papa Leão XIII instituiu o que mais tarde seria conhecido como “Orações Leoninas”, feitas após a Missa. Essas orações incluem a famosa Oração a São Miguel.

Não se sabe muito qual é a sua origem, mas muitos historiadores acreditam que o Papa Leão teve uma visão profunda e, depois, escreveu a oração.

De acordo com Kevin Symonds, autor do livro Pope Leo XIII and the Prayer to St. Michael (“O Papa Leão XIII e a Oração a São Miguel”), a visão provavelmente ocorreu entre 1884 e 1886 durante a celebração de uma Missa. Vários documentos dizem que o Papa Leão teve uma mudança visível sobre o seu rosto durante a visão e afirmam que sua face estava “pálida e com feição de medo”.

Um cardeal, que conhecia o secretário particular do então pontífice, explica que “o Papa Leão XIII realmente teve uma visão de espíritos demoníacos, que estavam se reunindo na Cidade Eterna (Roma). A partir dessa experiência … vem a oração que ele queria que toda a Igreja rezasse”.

Com o passar do tempo, alguns “adornos” começaram a aparecer em relação à visão. Os boatos diziam que o Papa Leão teria testemunhado uma conversa entre Jesus e Satanás.  O diálogo entre os dois costuma ser relatado da seguinte forma:

Satanás diz a Jesus: “Eu posso destruir a sua Igreja”.

Jesus responde: “Você pode? Então vá em frente e faça isso”.

Satanás: “Para fazer isso, preciso de mais tempo e mais poder”.

Jesus: “Quanto tempo? Que tipo de poder?”

Satanás: “De 75 a 100 anos, e um poder maior sobre aqueles que se entregam ao meu serviço”.

Jesus: “Você tem o tempo, você terá o poder. Faça com eles o que você quiser.”

Independentemente de como foi a experiência do Papa Leão, parece certo que o que ele viu não era nada agradável. Isso o levou a compor rapidamente a Oração para São Miguel e a solicitar o seu uso no final das Missas. O Papa acreditava que a oração era necessária para dissipar a escuridão que assolava o mundo na época. Uma oração mais longa a São Miguel, conhecida como “oração do exorcismo”, apesar de não ter sido usada em rituais exorcistas, foi aprovada pelo Papa três anos depois em duas versões: uma para o clero e outra para a oração individual.

São Miguel Arcanjo sempre foi conhecido por ser um poderoso intercessor contra o mal, especialmente pelo que relata o livro do Apocalipse: “Houve uma batalha no céu. Miguel e seus anjos tiveram de combater o Dragão. O Dragão e seus anjos travaram combate, mas não prevaleceram. E já não houve lugar no céu para eles. Foi então precipitado o grande Dragão, a primitiva Serpente, chamado Demônio e Satanás, o sedutor do mundo inteiro. Foi precipitado na terra, e com ele os seus anjos” (Apocalipse 12:7-9).

Com base nesse episódio das Escrituras, São Miguel é retratado na arte empurrando uma lança ou uma espada contra Satanás, que é representado como uma serpente ou um dragão.

Desde sua criação, a Oração de São Miguel se tornou muito importante para os católicos. É também recomendada pelos exorcistas a quem precisa combater a presença do mal em suas vidas.

Reze agora:

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate,

sede nosso refúgio contra a maldade e as ciladas do demônio!

Ordene-lhe Deus, instantemente o suplicamos,

e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina,

precipitai ao inferno satanás e todos os espíritos malignos

que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.

 

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.