Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Antes de ser amor, era oração

PHOTOCREO Michal Bednarek - Shutterstock
Compartilhar

Deus sempre nós dá muito mais do que pedimos

Quanto tempo levamos para encontrar o amor de nossas vidas? Alguns podem dizer que esse tal amor não existe e por muito tempo foi isso que acreditei. Evitava falar sobre relacionamentos e sempre usava a mesma desculpa: Não tenho tempo para isso. Outros se vangloriavam por ter o encontrado e eu achava isso tão clichê.

O amor da minha vida esbarrou em mim no momento em que eu menos acreditava no amor, no momento em que eu não estava disposta a dar uma chance e viver uma história a dois. O amor da minha vida tropeçou muitas vezes antes de me encontrar.

Antes de ser amor, era amizade. Era sorriso canto de boca, era indecisão, era abraço e conversas longas. Antes de ser amor, era insistência e coragem. Não era orgulho, era paciência. E então, aos poucos o carinho foi virando aquele apego bom que a gente não consegue se imaginar sem, aos poucos o que era conversa virou rotina.

Antes de ser amor, foi desafio, foi oração. E, hoje, sendo amor, eu quero o seu abraço depois de um dia cansado de trabalho, eu quero poder me abrigar no seu peito e ouvir a melodia das batidas do seu coração antes de dormir. Eu quero dividir a minha vida com você, quero caminhar ao seu lado e viver uma vida a dois.

Eu desejo tanto ter um lar para chamar de nosso, como eu almejo chegar o fim do dia e te encontrar, sem despedidas no domingo e reencontro de saudades na sexta. Eu encontrei em você mil e uma razões para ficar. Antes de ser amor, era toque que me desmontava, era olhar que me derrubava e sorriso que me fazia sorrir. E, hoje, sendo amor, eu sei: sempre foi você.

Eu não sabia quem seria, não sabia se viria, mas em você eu encontrei o cuidado do meu Deus. Em você eu encontrei o amor mais puro, bonito e sincero, aquele amor que a gente só acredita vivendo. E, hoje, nosso amor é poesia que qualquer poeta gostaria de escrever, é melodia que acalma o coração, é remédio que sara as feridas, o nosso amor é abrigo nos dias de tempestade, é resposta de orações.

Com você eu não tenho medo de planos, de revelar meus sonhos e de ser quem sou, antes de você não havia ninguém para ocupar esse lugar, não há ninguém como você para me amar. Seguimos juntos nessa história escrita por Deus, com erros e acertos, tentando todos os dias fazer dar certo, lutando por aquilo que chamamos e acreditamos ser amor.

Esse amor que me faz sentir saudade numa quarta feira qualquer é o mesmo que me alegra ao te ver, esse amor que me faz desejar logo o final de semana e torcer para a semana passar rápido. Em você eu encontrei aquilo que sempre pedi ao meu Deus, em você eu vejo a disposição em mudar que sempre procurei, o cuidado e o carinho em falar. Em você eu vejo: Deus nós dá muito mais daquilo que pedimos.

Dedicado a Vinicios Colombari.

 

(via Alma com Flores)

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.