Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
home iconPara Ela
line break icon

Dormir 8 horas por noite pode salvar sua vida

ASIAN,WOMAN,SLEEPING

Shutterstock

Calah Alexander - publicado em 01/10/17

A privação do sono não é uma medalha de honra – está ligada a tudo, desde a obesidade até o câncer

Ah, dormir. Como todas as mães, tenho uma relação de amor e ódio com isso. Ou seja, adoro quando está acontecendo e odeio quando não acontece.

A maioria de nós se sente assim, mas agimos de modo diferente. No início da minha vida adulta, relutantemente (oh, com relutância), abandonei a ideia de que precisava de 8 horas de sono para funcionar e comecei a permitir que meu sono fosse diminuído em uma hora, depois duas e depois três.

Mas eu sempre fiquei cansada, esquisita e esquecida. Parte disso é inerente à minha personalidade, é verdade – talvez eu possa dormir 10 horas por noite e ficar esquisita e esquecida. Mas talvez não tão esquisita e esquecida. E o mais alarmante, parece que estava causando sérios danos à minha saúde ao desistir de dormir, de acordo com o Matthew Matthew Walker. Walker é o diretor do Centro de Ciência do Sono Humano na UCLA, e ele recentemente disse ao Guardian quão perigosas são nossas ideias erradas sobre o sono.

“Se há uma coisa que eu digo às pessoas é para irem para a cama e acordarem ao mesmo tempo todos os dias, não importa o que aconteça. Eu levo o sono incrivelmente a sério porque eu estudo isso. Uma vez que você sabe que depois de apenas uma noite de apenas quatro ou cinco horas de sono, suas células assassinas naturais – as que atacam as células cancerosas que aparecem em seu corpo todos os dias – caem em 70% ou que a falta de sono está ligada ao câncer de intestino, próstata e mama, ou mesmo que a Organização Mundial de Saúde classificou qualquer tipo de trabalho de turno noturno como um provável carcinógeno, como você poderia fazer outra coisa?”.

Walker não começou a estudar o sono – começou a estudar pacientes com demência. Mas ele não conseguiu fazer nenhum progresso até perceber que alguns tipos de demência estavam atacando centros do cérebro que tinham a ver com o sono controlado, então ele criou um laboratório de sono para monitorar as ondas cerebrais de pacientes com demência enquanto dormiam.

Os resultados abriram as comportas para a pesquisa do sono. Ele descobriu que o sono poderia ser um novo teste decisivo de diagnóstico precoce para diferentes subtipos de demência. Mas a privação do sono (definida como qualquer coisa menos de sete horas por noite) tem uma cascata de consequências muito além da demência – está envolvida em ataques cardíacos, acidentes vasculares cerebrais, diabetes, obesidade, câncer, distúrbios imunológicos, agressão, dependência e transtorno bipolar.

Esse é um preço elevado para pagar por ser “adulto”. Certo, às vezes a privação do sono é inevitável – recém-nascidos e crianças doentes não acompanham o relógio. Mas sacrificar o sono por causa de e-mails, trabalho, games ou mesmo televisão não é uma escolha responsável.

Então, vamos deixar a ideia de que dormir menos é algum tipo de medalha de honra. Não é. Não está aumentando nossa produtividade – está diminuindo nossas vidas. Na próxima vez que alguém lhe disser que ninguém “precisa” de 8 horas de sono por noite, diga-lhe que todos precisam. Na verdade, são ordens do médico.

Tags:
DepressãoEstresseSaúdesono
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia