Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Bondade gera bondade: uma incrível lição de vida

Compartilhar

Garçonete recebe gorjeta enorme de cliente. E descobre que ele fez isso devido à morte de um bebê há 5 anos

Perder alguém tão próximo, como um filho, é de longe, a pior dor do mundo. Mas quando conseguimos tirar um proveito da situação para nos tornar seres humanos melhores, de alguma forma, todo o sofrimento teve uma lição.

Uma família passou por isso, e usou todos os seus momentos ruins para dar uma resposta positiva ao mundo: começar uma espécie de “corrente do bem”.

Quando o filho do professor Richard Specht, chamado Rees, morreu afogado em 2012 com apenas 1 ano e 10 meses, a família ficou devastada.

Foi a partir disso que Richard e sua esposa criaram a “ReesSpecht Life”, que tem a missão de prestar bondade e lembrar as pessoas sobre a importância da comunidade, da compaixão e do respeito.

Essa foi a forma que a família encontrou de honrar a memória do filho da melhor maneira que pode: encorajar as pessoas a realizar atos aleatórios de bondade com o próximo.

O dinheiro arrecadado na campanha ajuda a alunos do último do ensino médio a conseguir uma bolsa de estudos na escola.

O resultado desse movimento foi mostrado, principalmente, dentro de um restaurante na Times Square, em Nova York, onde um cliente deu algo diferente para uma garçonete. Sua conta havia dado US$ 43,50, porém, sua gorjeta estava no valor de US$3.000.

No verso do recibo, além de agradecer pela humildade e bondade da mulher, ele explicava à garçonete sobre três condições pelas quais o dinheiro havia sido tão alto:

“Meu professor do ensino médio teve uma experiência muito difícil há alguns anos, o que me levou a fazer isso. Meus únicos requisitos são:

1) Vá para ReesSpechtLife.com e aprenda!

2) Não deixe este pagamento terminar em você (ou seja, continue a bondade)

3) Uma vez que é sobre a ideia e não sobre você, ou eu, se você decidir compartilhar isso, não use os nossos nomes!

Obrigado por estar por perto para todos os meus shows na Broadway e fora dela. Espero que algum dia alguém dê tanto amor e felicidade ao mundo como você”.

A garçonete tão intrigada, acabou procurando saber mais sobre a “ReesSpechtLife” e encontrou Richard. Quando chegou até ele e mostrou o bilhete, o homem ficou chocado quando olhou aquela escrita. Ao ver a assinatura, percebeu que era de um aluno que foi seu há mais de 10 anos. O jovem costumava conversar com Richard em seus momentos mais difíceis, mas que, como a maioria dos alunos quando mudam de série, eles nunca tiveram a chance de conversar daquela forma novamente.

Certamente, para que isso aconteça, o professor fez muito bem ao menino, que quis retribuir da melhor forma que pode. Richard disse que fica em paz ao saber que alguém que conhecia há uma década, honraria seu filho e lembrasse se um simples professor da oitava série.

Uma corrente do bem sempre se inicia com uma grande pessoa fazendo o melhor possível para tornar o mundo um pouco melhor. A dor de Richard foi com certeza imensa, porém ele tirou forças para ajudar o próximo e, realmente, mudou aqueles que passaram por sua vida.

(Fotos: Reprodução, Rees Specht Life. Via Best of Web)