Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 24 Outubro |
São José Lê Dang Thi
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Como lidar com o bombardeio de informações nas mídias sociais?

INSTAGRAM.SMART PHONE

Shutterstock

Canção Nova - publicado em 13/10/17 - atualizado em 13/10/17

Dores de cabeça, estresse e mau humor, que aparecem de forma repentina, podem estar associados a essa realidade informacional

Tenho escutado, com frequência, amigos e parentes dizerem que “estão dando um tempo para as redes sociais”. Cansaram de administrar a vida real mais a virtual. Cansaram de consumir conteúdos de maneira frenética e não saber o que fazer com eles.

Não percebemos o quanto estamos rodeados por informações a todo minuto. As atualizações não param no celular com e-mails, alertas de voz, imagens, ao mesmo tempo em que desempenhamos as tarefas cotidianas como trabalhar, dirigir, estudar. Como o nosso cérebro aguenta? Estamos cegos com tanto conteúdo! Em vez de nos ajudar, ficamos perdidos, atônitos.

Perdemos a concentração, a memória e o foco. Estamos numa camada superficial com pouca interpretação. Vivemos ansiosos, com hábitos imediatistas, sem paciência para esperar por um segundo. Dados recentes mostram que 88% dos brasileiros assistem a TV e navegam na internet ao mesmo tempo, segundo o Ibope. O smartphone é o dispositivo mais usado (65%), seguido pelo computador (28%) e pelo tablet (8%).

Quantas vezes nos sentimos ignorados durante uma conversa, porque perdemos a disputa para o celular? Quem é mais importante: a pessoa a sua frente ou alguém que lhe chama a quilômetros de distância? Consequências da vida moderna. Até voltar ao assunto que estava sendo falado, já se perdeu muita coisa.

E pensar que nossos pais e avós sobreviveram sem essa enxurrada de palavras e nós nos sentimos culpados de não conseguirmos nos adequar a essa vida! Novos tempos… Dores de cabeça, estresse, mau humor que aparecem, de forma repentina, podem estar associados a essa realidade informacional. O mais contraditório é que deveríamos nos alegrar, comemorar pela disseminação da informação, pelo fato de a tecnologia nos permitir romper barreiras físicas e temporais; mas ao contrário, caímos num buraco escuro e com terras sendo jogadas em nossas cabeças.

O que guardar e o que descartar?

Há quem se aproveita disso, tentando nos cegar ainda mais. Como estratégia, essas informações excessivas são usadas para desviar a atenção do que realmente importa, de assuntos que poderiam estar sendo discutidos de modo democrático em nossa sociedade. Banalizam para esconder o que de fato faz a diferença.

Diante das variadas opções, o que guardar e o que descartar? A quantidade de notícias falsas, que são divulgadas diariamente na Internet obriga o cidadão a ter de saber diferenciar a mentira da verdade. O estilo jornalístico é copiado, porém, sem a mínima responsabilidade e compromisso, gerando uma confusão na cabeça de quem lê, já que os envolvidos são personalidades políticas, cantores entre outros.

Cabe a nós tentar estabelecer uma escala de prioridades para não perder tempo com bobagens, deixando-nos afetar de forma negativa. Analisar, respirar e seguir pode ser uma alternativa. Rumo à prática!

Por Ioná Piva, via Canção Nova




Leia também:
Sabe quantos livros você conseguiria ler se saísse um pouco das redes sociais?

Tags:
Redes sociais
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
2
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
3
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
4
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
5
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Papa Francisco São José Menino Jesus
Ricardo Sanches
A oração a São José que o Papa Francisco reza todos os dias há 40...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia