Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 22 Abril |
São Leônidas
home iconEstilo de vida
line break icon

Este rápido exercício irá ajudá-lo(a) a se tornar mais misericordioso(a)

Polaroid Pictures

Mosuno | Stocksy United

Annabelle Moseley - publicado em 13/10/17

Tudo o que você precisa é de uma foto sua de quando você era bebê (ou uma boa memória)

Nós somos mais propensos a perdoar os outros se pudermos perdoar a nós mesmos primeiro. Somos mais propensos a ser gentis com os outros se soubermos ser gentis conosco. Então, como podemos demonstrar misericórdia para nós mesmos, aceitar nossas limitações e nos perdoar?

Aqui está um exercício que você pode fazer hoje, agora. Isso cultiva misericórdia para si mesmo, para que você possa levar isso adiante para os outros. Era algo que costumava fazer regularmente com minhas aulas de inglês de primeiro ano da escola secundária.

Encontre uma foto sua de quando você era um bebê (se você não tem uma, imagine-se como um bebê) e observe-a atentamente. Olhe suas bochechas, seus olhos, suas mãos. Observe o quão adorável você era, quão pequenino(a) você era. Agora imagine que você foi colocado em uma cesta com uma mensagem: Por favor, cuide desta criança.

Stocksy

Em seguida, imagine-se como você é agora – um homem ou uma mulher adulta. Imagine-se abrindo a porta da sua casa atual e encontrando a cesta com este mesmo bebê dentro. Isso mesmo: você abre a porta para você mesmo como um bebê. O bebê está chorando e tremendo. O que você faz em seguida?

Imagine como você pode levantar a criança da cesta e abraçá-la, sussurrando palavras de consolo. Você pode alimentá-la, então beijar sua bochecha macia, acariciando os cabelos soltos. Você pode balançá-la carinhosamente e cantar até o pequenino corpo relaxar e os olhos fecharem, acalmando-se. Você faria tudo isso por aquela preciosa criança. E essa criança é justamente você.

Mantenha sua fotografia de quando você era bebê em algum lugar proeminente em sua casa nas próximas semanas, em algum lugar onde você irá encontrá-la novamente todos os dias, de preferência em algum lugar que você prepara seu dia. Pode ser a cabeceira da cama, então você pode vê-la já quando acorda. Talvez você possa colocá-la em seu banheiro e olhar esse rosto precioso enquanto prepara seu próprio rosto mais velho, mas ainda precioso. Talvez você possa manter a foto em seu carro, onde você a verá antes de partir para o trabalho, ou em uma bolsa ou carteira para surpreendê-lo no dia a dia ocupado.

Pergunte a si mesmo (e isso é algo que você deve fazer um diário): O que eu quero para essa criança? Quais são as minhas esperanças e sonhos para ela/ele? Que tipo de pessoa eu rezo para que esta criança seja? Eu tenho cuidado bem desta criança pequenina, respeitando seus sonhos, sua alegria? Eu a tenho amado com todo o meu coração? E a sua própria face mais velha? Está cansada, mas seus olhos ainda brilham. O que você acha que Deus vê quando Ele olha para você? O que você vê?

Você é chamado a amar a si mesmo com tanta ternura quanto um bebê merece, com misericórdia medidas. Perdoe-se do jeito que você perdoaria aquele bebê por cometer um erro. Veja a inocência, o potencial e a beleza que ainda existem dentro de você.

Meses depois de fazer este exercício com uma aula de inglês de primeiro ano, um dos meus alunos se aproximou de mim e disse que, como resultado desse exercício, ela reexaminou seus pensamentos depressivos de suicídio e, felizmente, escolheu buscar ajuda. Ele se sentia inútil, mas, ao amar o bebê que tinha sido, percebeu que ele ainda era a mesma pessoa, digna de vida. Ele queria aprender a se amar novamente, por causa da criança que tinha sido e da pessoa que deveria ser. Ele teve forças e foi para a reabilitação. Com aconselhamento e tratamento, tornou-se um jovem confiante, com sonhos e ambições esperançosos.

Experimente este exercício e você pode encontrar a misericórdia e assim pode praticar a misericórdia com os outros. Olhe para a sua imagem de quando você era pequenino(a). Reflita e escreva diariamente sobre as questões acima. Então, decida o que você quer para aquele filho(a) incomparável de Deus.

Tags:
AmorCriançasFilhosMisericórdiaPerdão
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
ROBERTO CARLOS
Ricardo Sanches
A música que Roberto Carlos cantou no próprio aniversário de 80 a...
3
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
4
BENEDICT XVI
Francisco Vêneto
Em nova e extensa biografia, Bento XVI desmascara o atual “...
5
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma gestação rara
6
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
7
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia