Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O poderoso super-rosário das mil Ave-Marias

Daniel Jedzura - Shutterstock
Compartilhar

Descubra como surgiu a devoção das mil Ave-Marias a Nossa Senhora

A devoção às Mil Ave-Marias faz parte da tradição religiosa no Brasil e, antigamente, era sempre rezada, trazendo muitas graças aos participantes.

As Mil Ave-Marias não têm nenhuma ligação com Medjugorje, como muitos pensam. As mensagens de fé comunicadas por Nossa Senhora e citadas nas folhas das Mil Ave-Marias em forma de “super-rosário” não foram tiradas das revelações de Nossa Senhora em Medjugorje, mas, sim, de suas aparições em Montechiari, com o título de Nossa Senhora da Rosa Mística e do livro do Pe. Gobbi: Aos sacerdotes, filhos prediletos de Nossa Senhora (Movimento sacerdotal Mariano).

Nossa Senhora chorou em Montechiari, pedindo oração, sacrifício e penitência para salvar o mundo. Mas nossa querida Mãe nunca fez ameaças, somente orientou, como uma mãe que quer proteger seus filhos dos perigos que podem acontecer se não houver oração e conversão.

É verdade que todas as orações devem vir do coração, seja uma Ave-Maria ou Mil Ave-Marias!

As Mil Ave-Marias são feitas em forma de um “super-rosário” bem meditado sobre todos os mistérios da nossa salvação e com a benção da paz que Nossa Senhora comunicou ao Pe. Gobbi no dia 24 de outubro de 1984. A oração possui grande poder! Por isso, é necessário rezar muito! Obtém-se mais com um dia de oração intensa do que com anos de contínuas discussões. O “super-rosário” das Mil Ave-Marias, acrescido de sacrifícios, leva a um dia de oração intensa.

Vamos ajudar Nossa Senhora nesta batalha contra o mal, combatendo com a oração das Mil Ave-Marias em forma do “super-rosário”.

Oração:

Cada mistério consiste de 1 Pai-Nosso, 50 Ave-Marias,

1 Glória-ao-Pai.

Rezamos 20 mistérios assim distribuídos: 20 vezes o Pai-Nosso, 20 vezes 50 Ave-Marias, 20 vezes o Glória-ao-Pai e assim recitamos as Mil Ave-Marias.

Durante a oração das Mil Ave-Marias, devemos meditar sobre os Mistérios do Rosário. Contemplamos também as Cinco Chagas de Jesus:

Chaga de Jesus: mão direita;

Chaga de Jesus: mão esquerda;

Chaga de Jesus: pé direito;

Chaga de Jesus: pé esquerdo;

Chaga de Jesus: Seu coração transpassado.

(Retirado do livro:  O Socorro da Virgem Maria e suas sete dores. Via Felipe Aquino)