Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Redação da Aleteia / ACI Digital
Como surgem as intenções de oração do Papa?
María Álvarez de las Asturias
Como ajudar um casal que se separou?
Padre Reginaldo Manzotti
Oração para pedir luz ao Senhor
Padre Reginaldo Manzotti
5 lições de vida para ser feliz
Prosa e Poesia
Os recomeços
Vatican News / Redação da Aleteia
Papa aos juízes: não buscar interesse pessoal

Sobrevivente da Chapecoense, goleiro Follmann finalmente se casou neste sábado, em cerimônia arrepiante

Casamento de Jakson Follmann
Compartilhar

O sacramento do Matrimônio foi celebrado na Catedral de Santo Antônio, em Chapecó, e os padrinhos foram os também sobreviventes Neto e Ruschel

O goleiro Jakson Follmann e sua noiva Andressa Perkovski pretendiam se casar no dia 16 de dezembro de 2016. Duas semanas antes, porém, os planos foram drasticamente suspensos – e quase destruídos – pela maior tragédia aérea envolvendo atletas em todos os tempos: o avião que levava os jogadores da Chapecoense para a Colômbia se acidentou, matando 71 pessoas, dilacerando centenas de familiares e abalando milhões de pessoas no Brasil e no mundo inteiro.

Ao longo de quase um ano desde o desastre, o embaixador da Chapecoense enfrentou a amputação da perna direita, a reabilitação após a implantação de uma prótese, o trauma de perder de modo tão brutal dezenas de companheiros, o desafio de começar a construir uma nova carreira e a retomada da vida pessoal e familiar depois de uma experiência de impacto imensurável.

O último sábado, 21 de outubro, foi para Jakson Follmann um dos marcos mais transformadores na sua nova trajetória de vida: na Catedral de Santo Antônio, em Chapecó, ele pôde finalmente consumar o sonho interrompido e quase destruído naquele 29 de novembro: subir ao altar com sua noiva, numa cerimônia emocionante!

Os padrinhos foram os também jogadores e sobreviventes Neto e Alan Ruschel, protagonistas de histórias de superação tão arrepiantes quanto a de Follmann. E, falando em casamento, Ruschel foi o atleta que comoveu o mundo com a frase-testemunho impactante que balbuciou ao dar entrada no hospital colombiano: entre a vida e a morte, o jogador fez apenas um pedido, surpreendente e cheio de significado: “Guardem a minha aliança!” (relembre aqui este episódio extraordinário).

E a aliança, esse pequeno e poderoso símbolo quase universal da união matrimonial, voltou aos destaques no caso do próprio Follmann: o goleiro e sua noiva também a usavam desde antes do acidente, e, após a tragédia, a de Follmann foi achada entre os destroços, toda amassada, e devolvida a Andressa quando o atleta ainda estava hospitalizado.

O casal não quis se desfazer das alianças originais: as duas, em ouro, foram derretidas para se transformarem num novo par, simbolizando o recomeço a partir de uma história que já existia e que esteve a ponto de ser interrompida para sempre.

Casamento Jakson Follmann
Facebook Passarela Espelhada - Fair Use

Um dos momentos mais emocionantes da cerimônia matrimonial na Catedral de Santo Antônio surpreendeu os convidados e a própria noiva: Follmann cantou o Aleluia, no altar, especialmente para Andressa, que não conseguiu conter as lágrimas.

O casamento de Jakson Follmann e Andressa Perkovski contou com o patrocínio de mais de 40 participantes da feira ExpoNoiva, solidários com a luta do atleta para superar todos os desafios que a vida lhe impôs nos últimos meses.

Aos noivos, todo o amor, a felicidade e a plenitude como família! Que Deus os abençoe!

Aleteia Top 10
  1. Lidos