Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 10 Abril |
São Miguel de los Santos
home iconAtualidade
line break icon

Morte de macacos por febre amarela provoca vacinação em massa em São Paulo

AMAZONIA

Shutterstock-Filipe Frazao

Agências de Notícias - publicado em 26/10/17

A morte de vários macacos por febre amarela desatou uma onda de preocupação em São Paulo e na área metropolitana da cidade, levando milhares de pessoas aos postos de saúde para serem vacinadas.

Desde sábado, quase 30 unidades estão administrando as vacinas. Longas filas eram vistas nas portas desses postos e somente na terça-feira mais de 60.000 pessoas foram atendidas, informou a Secretaria Municipal de Saúde.

A administração do estado de São Paulo afirma que conta com 1,5 milhão de doses disponíveis, estoque que pode ser reforçado.

“Nesta primeira fase nós estamos com a expectativa de vacinar 500.000 pessoas e na segunda fase aumentar para um milhão de pessoas”, afirmou Maria Lígia Nerger, coordenadora de imunização da Secretaria Municipal de São Paulo.

O aparecimento de um macaco morto em um parque do norte da cidade reforçou os temores na terça-feira. O primeiro caso foi registrado em 9 de outubro, mas devido à espera do diagnóstico, o local apenas foi fechado ao público em 21 de outubro. Outro parque, a noroeste da capital, foi fechado na terça.

Além deles, outros dois macacos foram encontrados mortos em um condomínio de Mairiporã, também na Grande São Paulo, mas por causas ainda não determinadas.

– Cautela –

Os macacos são apenas os hospedeiros do vírus, que depois é transmitido às pessoas por meio da picada de mosquitos silvestres (Haemagogus e Sabethes), pelo qual as comunidades próximas a esses parques reforçaram a cautela.

“Eu fiquei muito preocupada pela localização. Porque às vezes nós não sabemos mais informações do que estão passando, na realidade. Fala-se de um macaco até agora, mas será que foi um só macaco?” – disse à AFP Wania Luz Amaral, de 52 anos, na fila de um posto de saúde onde aguardava ser vacinada.

A febre amarela gera temperaturas altas, calafrios, cansaço, dor de cabeça e muscular, e costuma estar acompanhada de náuseas e vômitos. Os casos agudos são raros e derivam em insuficiência renal e hepática, icterícia (olhos e peles amarelados) e hemorragias.

Este novo alerta é feito um mês e meio depois que o Ministério da Saúde declarou o fim de um surto de febre amarela – o maior desde o início dos registros em 1980 -, que entre 1º de dezembro de 2016 e 1º de agosto de 2017 somou 777 casos e 261 mortos. A maior parte dos contágios aconteceram em Minas Gerais.

Sem variações nos sintomas, a febre amarela pode ser transmitida pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes (silvestre), e pelo Aedes aegypti (urbana), mesmo transmissor da dengue, chikungunya e zika.

Entre 2015 e abril de 2017, 2.753 casos casos de zika foram registrados no país, cuja região nordeste foi a mais atingida pela epidemia.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel fez o que pode ser considerado um dos maiores discur...
2
ALTAR BOY,
Un cammino chiamato famiglia
Coroinha desmaia durante Via Sacra, mas a cru...
3
Padre Gilvan Manuel da Silva perde pais e irmãos para covid-19
Reportagem local
Padre perde pais e irmãos para covid-19 e afirma: “Continua...
4
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
5
PRINCE PHILIP
Cerith Gardiner
11 fatos interessantes sobre o falecido príncipe Philip
6
FRANCISCO AND JACINTA MARTO
Tom Hoopes
As lições dos pastorinhos de Fátima aplicadas ao coronavírus
7
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia