Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 27 Outubro |
Aleteia logo
home iconEstilo de vida
line break icon

A hospitalidade é sobre os outros, não sobre você

FRIENDS,DINNER PARTY

Shutterstock

Calah Alexander - publicado em 29/10/17

Entretenimento e hospitalidade podem parecer semelhantes, mas são duas coisas completamente diferentes

Alguns anos atrás, toda vez que eu entrava em um frenesi de limpeza, meus filhos perguntavam: “quem está vindo?”.

Eles perguntavam isso porque eu só limpava assim quando eu ia receber alguma visita. Eu pegava algumas meias perdidas ou limpava um balcão, mas quando alguma pessoa ia chegar, eu mudava completamente meu comportamento em relação à limpeza.

Claro, o resultado direto disso é que eu nunca convidava as pessoas no último minuto, e eu certamente não abria minha porta e convidava um amigo para um café ou para o jantar quando eles vinham para dizer oi. Ou eu abria e saia para conversar, fechando a porta atrás de mim, esperando que eles não percebessem as pilhas de roupa e as crianças bagunceiras que estavam atrás.

Mas se você tivesse me perguntado se eu praticava hospitalidade, eu teria dito que sim. Afinal, fiz refeições elaboradas para os hóspedes, cuidadosamente acompanhadas com vinho! Coloquei as melhores louças e a melhor toalha de mesa e ofereci dois tipos de sobremesas e café depois do jantar! E eu sempre me certificava de que a casa inteira, até o chuveiro, estivesse impecável antes que os hóspedes chegassem. O que poderia ser mais hospitaleiro do que isso?

Qualquer coisa. Esse tipo de preparação não é hospitalidade, é entretenimento. E os dois podem parecer semelhantes, mas como este artigo da Gospel Coalition me lembrou, a hospitalidade e o entretenimento são duas coisas completamente diferentes.

Entretenimento foca a atenção em si mesmo

A hospitalidade envolve a configuração de uma mesa que faz com que todos se sintam confortáveis. Ela escolhe um menu que permite você ficar e conversar com os hóspedes em vez de ficar acorrentado ao fogão. Ela torna as coisas agradáveis, mas não sente a necessidade de ocultar evidências da vida cotidiana. Às vezes, senta para jantar com farinha no cabelo. Permite que a reunião seja moldada pela qualidade da conversa ao invés da qualidade da comida. A hospitalidade mostra interesse nos pensamentos, sentimentos, sonhos e preferências de seus convidados. É bom fazer perguntas e ouvir atentamente as respostas. A hospitalidade concentra a atenção sobre os outros.

Aprendi a diferença passando mais tempo nas casas de outras pessoas. Aprendi que havia pessoas cujas casas parecem sempre prontas para o entretenimento, porque é assim que elas mantêm suas casas. Aprendi que há pessoas cujas casas se parecem mais com a minha, porém elas não deixam que os brinquedos e as cestas de roupa suja impeçam um café com alguém inesperado. E eu aprendi que a hospitalidade não está apresentando um rosto perfeito para que as pessoas pensem bem de você – está convidando uma pessoa para entrar em sua casa porque você gosta dela.

Nós fazemos as tarefas domésticas aos sábados agora. Meus filhos não perguntam se alguém está chegando quando limpamos a casa, porque tentamos manter a casa limpa para nós mesmos. Às vezes a vida fica louca e isso reflete na casa, mas eu tento não me desculpar por isso quando alguém chega. Eu os convido para entrar, limpo um espaço na mesa, faço um café e aproveito a companhia.

Às vezes eu até deixo as pessoas usarem o banheiro – e como a hospitalidade caminha nos dois sentidos, ninguém comentou sobre o grau de limpeza da área de banho.

Tags:
AmizadeFamíliaValores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
EUCHARIST
Reportagem local
O que fazer se a hóstia cair no chão durante a Missa?
3
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
4
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco: “Tenho medo dos diabos educados”
6
As irmãs biológicas que se tornaram freiras no instituto Iesu Communio
Francisco Vêneto
As cinco irmãs biológicas que se tornaram freiras em apenas 2 ano...
7
Don José María Aicua Marín
Dolors Massot
Padre morre de ataque cardíaco enquanto celebrava funeral
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia