Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 12 Abril |
São David Uribe Velasco
home iconEspiritualidade
line break icon

Alguém me fez um “despacho” ou malefício, o que devo fazer?

Por Fer Gregory

Livres de todo mal - publicado em 30/10/17

O malefício (despacho, trabalho, macumba) sempre será um modo de contato com o demônio

Primeiramente, precisamos definir o que venha a ser um Malefício, ou um “Despacho” ou ainda popularmente conhecido como “Trabalho” ou “Macumba“…Vou deixar para um próximo artigo aprofundar somente na explicação sobre a questão do Malefício

Independente do nome aqui aplicado, o significado não muda, e vou citar o que Santo Afonso Maria de Ligório diz em sua Theologia Moralis:

O Malefício é o poder de fazer mal aos outros, graças a um pacto e com a ajuda dos Demônios.

Padre Gabriele Amorth, diz que a palavra Malefício em si, é uma palavra genérica, mas que é sempre o termo que ele mesmo utiliza quando uma pessoa busca o Demônio para prejudicar outra.

Em geral Malefícios são realizados utilizando – se de certos tipos de objetosrituais e sacrifícios de animais.

Existem diversos motivos nos quais as pessoas buscam um Mago, um Bruxo, um Feiticeiro ou um Pai de Santo para que eles façam e lancem o Malefício sobre determinada pessoa ou situação. Os motivos são os mais diversos: Para causar algum tipo de divisão e separação no matrimônio ou relacionamento afetivo; para trazer ou ajudar em um relacionamento amoroso, para fazer com que algumas pessoas fiquem doentes ou sejam curadas, Malefícios de morte, Malefícios para que alguém vá mal nos seus negócios; Malefícios que afetem psicologicamente ou traga perturbações espirituais à uma pessoa…E ai eu poderia descrever diversas coisas mais…Na verdade o nome do Malefício está ligado diretamente a intenção da pessoa em pedir aquele mal.

Os materiais utilizados dependem muito da intenção para qual a pessoa esta fazendo aquele Malefício, mas em geral são: Cabelos, unhas, roupas da pessoa, fotografias, algum objeto pessoal da pessoa, bebidas alcoólicas, vísceras de animais, animais mortos, sangue, velas, bonecos representando a pessoa, farofa, sangue, charutos, cigarros e muitas outras coisas…

A primeira coisa importante a saber é que um Malefício só terá efeito contra uma pessoa se Deus assim permitir.

Ainda assim é possível que um Malefício tenha efeito sobre a vida de uma pessoa, ou sobre as situações para o qual o Malefício foi encomendado.

Isso é realmente um mistério…Mas na grande maioria das vezes o Malefício só tem seu efeito para quem está vivendo uma vida fora da graça de Deus…

A segunda coisa é que: Aquele que faz o Malefício, seja um Pai de Santo, um Bruxo ou Feiticeiro, e também aquele que encomendou o Malefício, serão sempre os primeiros a serem prejudicados pelo Demônio. Em geral, estes, são prejudicados de maneira direta com algum tipo de influência diabólica, tentações obsessivas e compulsivas, vícios em geral e enfermidades físicas.

A terceira coisa que penso que seja fundamental você saber: Não se tem como realmente provar que alguém fez ou não um Malefício para outra pessoa. Ainda que você ache que foi a sua vizinha, sua sogra, alguém do seu trabalho que nao gosta de você e coisas do tipo…Isso seria um engano e um tremendo erro.

E o Demônio gosta de causar divisões neste sentido, fazendo as pessoas acharem que outras fizeram algum tipo de mal por determinado motivo.

Isso é comum quando você procura um Pai de Santo ou um Bruxo, quase sempre dirão que alguém esta fazendo um “Trabalho” ou um Malefício para você, e dirão ainda quem é a pessoa…Mentira do Demônio que quer sempre destruir…E nesse momento isso realmente não importa!

O que fazer então se você tem uma suspeita de que te fizeram um Malefício?

Usar exatamente da lógica contrária ao Malefício. Se o Malefício é se utilizar do Demônio para fazer o Mal, você precisa se achegar a Deus para que Ele, o BEM SUPREMO, possa agir em sua vida, quebrando e vencendo toda a ação do Demônio.

Você precisa cultivar e criar uma vida de mais intimidade com Deus, rezando mais, estando mais com Ele. Isso não porque você quer se ver livre do Mal que te fizeram, mas porque Ele é Deus e precisa assim ser entendido e vivenciado em seu dia a dia.

Portanto, eu sempre aconselho as pessoas que me escrevem dizendo de sintomas de problemas espirituais, e que realmente aparentam estar sofrendo algo espiritual, a começar um caminho em Deus e para Deus.

Primeiramente buscando se arrepender dos seus pecados e buscar um Sacerdote para se confessar…Depois o mais importante é a Santa Missa aos Domingos e sempre que puder em dias de semana. Rezar o Santo Terço, fazer Jejum Penitência,  todos os dias ler e meditar a Palavra de Deus por alguns minutos. É importante buscar se possível pequenos momentos de Adoração numa Igreja ou numa capela, isso é bem importante quando se trata de um processo de Libertação.

Buscar um Grupo de Oração na qual você possa participar semanalmente, isso lhe ajudará a crescer na sua espiritualidade.

Se realmente você ou uma pessoa que você conheça estejam sendo afetadas por este Malefício de forma direta, podendo até mesmo chegar ao ponto de uma Possessão Diabólica, você poderá além de fazer tudo o que eu recomendei acima, buscar um Sacerdote ou um bom Ministério de Libertação, para que você possa ser acompanhado mais de perto.

Mas enfim, não existem fórmulas mágicas no cristianismo, que cumprindo certos “rituais” e determinadas coisas você ficará livre para sempre do Mal. No cristianismo existe uma relação de amor de um Pai para nós seus filhos, e que esse amor precisa ser cultivado e alimentado por nós…

Quanto mais formos de Deus, quanto mais rezarmos, quanto mais exercemos obras de caridade; mais difícil será qualquer ação do Mal sobre nós.

Tentados todos nós seremos sempre, ora tentações mais fortes, ora menos fortes…Mas essa é a ação “rotineira” do Demônio e nem mesmo Jesus foi preservado desta…

Mas de qualquer tipo de outras ações vindas de Malefícios e coisas do tipo, certamente destas, basta uma vida em Deus!

(via Livres de todo mal)

Tags:
Trabalho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
PRINCE PHILIP
Cerith Gardiner
11 fatos interessantes sobre o falecido príncipe Philip
2
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel fez o que pode ser considerado um dos maiores discur...
3
DIVINE MERCY
Reportagem local
Como obter indulgência plenária no Domingo da Divina Misericórdia...
4
CARDEAL RANIERO CANTALAMESSA
Francisco Vêneto
Desobediência à Igreja dilacera a fraternidade católica, diz preg...
5
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
6
LOVE AND MERCY FILM
Aleteia Brasil
O filme sobre Santa Faustina e a Divina Misericórdia já está disp...
7
Pe. Gabriel Vila Verde
Reportagem local
Ditadores proibiram missas ao longo da história, recorda pe. Gabr...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia