Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 04 Março |
São Casimiro
home iconReligião
line break icon

Até jornalistas denunciam a má cobertura da mídia em temas religiosos

Pixabay

Reportagem local - Ancoradouro - publicado em 31/10/17

“Beira o desrespeito”, declarou uma profissional há dois anos - de lá para cá, as coisas pioraram

Com a chamada “grande mídia” vociferando cada dia com mais fúria contra o que tacha de “obscurantismo” dos cristãos que defendem valores básicos como a família natural, é interessante relembrar que essa postura vem sendo desmascarada há muitos anos sem que as grandes corporações autoproclamadas “de informação” corrijam a sua trajetória de parcialidade e enviesamento ideológico.

Recordamos a seguir um artigo de 2015 publicado pelo blog Ancoradouro, do jornal cearense O Povo, sobre o quanto costuma ser leviana a cobertura de assuntos religiosos pela maioria dos veículos midiáticos brasileiros (e mundiais).

Não é apenas triste que, de lá para cá, a manipulação por parte das grandes empresas supostamente dedicadas à “notícia” tenha piorado: é preocupante.

“Beira o desrespeito”, diz jornalista sobre cobertura da imprensa em assuntos religiosos.

Ignorância ou má fé? Ou as duas coisas? A pergunta fica no ar quando o assunto é cobertura da mídia sobre assuntos ligados à religião especialmente os vinculados à fé católica. A jornalista Andréia Gripp, mestranda em Teologia pela PUC-Rio, afirma que alguns casos “beira o desrespeito”. “Não há a menor preocupação em apurar, pesquisar, escolher as palavras corretas para expressar os fatos”, justifica. Bastou o Vaticano anunciar que seria lançado um Motu Próprio do Papa Francisco sobre a reforma canônica acerca das declarações de nulidade matrimonial que multiplicaram-se as manchetes sensacionalistas. Às vésperas de lançamento do documento o titular deste blog previu em uma postagem: “A opinião pública internacional se continuar como tem feito certamente vai deturpar o sentido do conteúdo, mas nada diferente do que já fizeram com João Paulo II e Bento XVI”. Não deu outra. “Mais uma vez hoje temos uma grande quantidade de notícias desencontradas, ‘barrigas’ e textos mal escritos e apurados sobre o Papa e a doutrina católica”, escreveu Andréia que emendou com um desabafo: “Como jornalistas escrevem mal sobre religião. É algo a se questionar na formação dos jornalistas. E nem digo só sobre a Igreja Católica, é sobre todas as religiões. Não há a menor preocupação em apurar, pesquisar, escolher as palavras corretas para expressar os fatos. É um tal achismo que beira o desrespeito”. Sobre o Motu Próprio a maioria dos jornalistas não conseguiram distinguir os termos anulação de nulidade, este primeiro não consta no vocabulário católico quando o assunto é a união matrimonial. A Revista Veja chegou ao despautério de afirmar que o papa declarou a dissolubilidade do matrimônio com a troncha manchete, “O que Deus uniu… o Papa separa”.

Esclarecendo a falsa polêmica sobre a nulidade matrimonial

1. Não existe anulação de matrimônio na Igreja Católica. 2. Na doutrina católica, anular não pode ser usado como sinônimo de nulidade. Anular é tornar(-se) nulo ou sem efeito. Não se torna nulo um matrimônio. O que a Igreja pode reconhecer, mediante processo no Tribunal Eclesiástico, é que um matrimônio foi nulo, ou seja, não aconteceu o sacramento. Nulo = desprovido de efeito, sem existência. Portanto, não é a mesma coisa dizer que um ato (no caso o matrimônio) é nulo ou dizer que foi anulado.

Conclusão

Bom senso, caldo de carne e uma simples consulta ao “pai dos burros” não fazem mal a nenhum jornalista.

________

Texto originalmente postado no blog Ancoradouro

Tags:
ComunicaçãoIdeologiamidia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
MIRACLE
Maria Paola Daud
Mateo se perdeu no mar… e apareceu nos braços do pai
2
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
3
MADONNA
Maria Paola Daud
A curiosa imagem da Virgem Maria protetora contra o coronavírus
4
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
5
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
6
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da missa
7
A Fé Explicada
Quais são os erros litúrgicos mais comuns na missa?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia