Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 14 Abril |
São Telmo
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Homem assiste à beatificação da freira que ele mesmo matou

SISTER RANI

Catholic Diocese of Indore

Religión en Libertad - publicado em 09/11/17

Uma inspiradora história sobre o perdão

No dia 4 de novembro de 2017, aconteceu na Índia a beatificação da Irmã Rani María Vattalil, assassinada brutalmente em 1995. Foi a primeira mulher indiana declarada beata depois de ser martirizada. Mais de 10 mil pessoas participaram da cerimônia, que também contou com quatro cardeais.

Entre as pessoas que assistiram à beatificação, na primeira fila estava um personagem chave de todo esse processo: Samunder Singh, o homem que assassinou a franciscana, dando-lhe 54 punhaladas. Ele diz ter-se arrependido do ato abominável e foi perdoado pela família da nova beata. Agora, depois de ter cumprido a pena, é mais um membro da família da Irmã Rani.

A manifestação da vontade de Deus

“Estou muito feliz por ‘Didi’ (a irmã mais velha) ter sido reconhecida como mártir”, afirmou o assassino. Durante a cerimônia de beatificação, Singh disse que ainda sente o peso do “crime espantoso”, apesar do perdão recebido da família. Ele também revelou que, com o tempo, veio a certeza que “todos os fatos que conduziram ao seu martírio foram manifestações da vontade de Deus”.

A Irmã Rani María Vattalil, nasceu em Kerala. Mas, já como religiosa, foi transferida para a diocese de Indore para servir à população mais pobre do lugar. A missionária dedicou todo o seu tempo para melhor as condições de vida das pessoas – algo que não agradou os chefes das aldeias próximas.

Convencido para assassinar a religiosa

Os chefes das aldeias começaram a conspirar para que a jovem freira fosse embora do local. Mas, no fim das contas, convenceram Samunder Singh, um homem pobre de uma das aldeias, a matar a irmã. Eles ofereceram até as armas.

Em 1995, Samunder atacou a freira e a apunhalou violentamente 54 vezes. Ele foi preso e condenado. Sua família o abandonou, assim como os chefes das aldeias que o incentivaram a matar a freira. Depois de 11 anos na prisão, a intervenção da família da nova beata conseguiu colocá-lo em liberdade, já que a condenação era à prisão perpétua.

Samunder passou os primeiros anos de cadeia cheio de ódio contra aqueles que o enganaram. Todos os dias, pensava em matar o homem que o convenceu a acabar com a vida da religiosa.

Um padre: o único que não o abandonou

Porém, Samunder nunca ficou completamente sozinho. Na prisão, um padre o visitava frequentemente, oferecendo consolo espiritual. Foi isso que levou o assassino para o caminho do arrependimento.

Porém, o perdão total aconteceu no dia em que uma freira, irmã da religiosa assassinada, foi visitá-lo na prisão. O gesto mudou para sempre a vida do assassino.

O gesto da mãe da nova beata

Quando saiu da prisão, o homem foi a Kerala, cidade natal da Irmã Rani, para pedir perdão à família. Lá estava a mãe da religiosa, cujo gestou deixou Samunder completamente em choque: a mulher quis beijar as mãos dele, dizendo: “sobre elas está o sangue da minha filha”.

Em declarações para o site AsiaNews, Samunder Singh afirmou: “antes de me incentivarem a matá-la, ouvi muitas mentiras odiosas sobre os missionários e cristãos. Eles costumavam dizer que os cristãos convertiam as pessoas através de truques e que o trabalho deles com os pobres era só enganação. Agora, entretanto, posso dizer, sem dúvida, que os missionários não fazem nada além de trabalhar e ajudar aos pobres marginalizados. Não têm nenhum plano secreto, além de servir a Deus”.

SAMANDAR SINGH
Facebook Cyril John

Agora, o assassino segue o exemplo da religiosa

Singh diz que seu objetivo, agora, “é seguir o exemplo” da mulher que ele assassinou, “ajudando aqueles menos afortunados”.

Convencido, ele fala para todo mundo: “Quero que todos saibam que os cristãos trabalham para fazer com que a Índia seja melhor. Através de seus serviços, os missionários nos dão esperança”.

O Papa Francisco se referiu à beatificação, dizendo: “a Irmã Vattalil deu o testemunho do Cristo no amor, na mansidão. E se une à extensa fila dos mártires do nosso tempo. O sacrifício dela é uma semente de fé e paz, especialmente na Índia. Ela era tão boa, que a chamavam de ‘a irmã do sorriso’”.

Um documentário sobre o perdão

Toda essa história ficou mundialmente conhecida graças ao documentário The heart of the murderer [O coração do assassino].

“O filme nos faz acreditar que é humanamente possível reagir, mudar de ideia e não devolver o mal com o mal, mas dar amor e fazer acontecer o milagre de mudar a pessoa que está na sua frente, que te magoou”, explica a diretora do documentário, Catherine McGilvray.

Artigo originalmente publicado por Religión en Libertad

Tags:
BeatificacaoPerdãoSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
PRINCE PHILIP
Cerith Gardiner
11 fatos interessantes sobre o falecido príncipe Philip
2
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
3
DIVINE MERCY
Reportagem local
Como obter indulgência plenária no Domingo da Divina Misericórdia...
4
LOVE AND MERCY FILM
Aleteia Brasil
O filme sobre Santa Faustina e a Divina Misericórdia já está disp...
5
Pe. Gabriel Vila Verde
Reportagem local
Ditadores proibiram missas ao longo da história, recorda pe. Gabr...
6
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel fez o que pode ser considerado um dos maiores discur...
7
Aleteia Brasil
Havia um santo a bordo do Titanic?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia