Aleteia

Você é uma pessoa desorganizada? Saiba o que está por trás deste comportamento

Ingrid Balabanova - Shutterstock
Compartilhar
Comentar

Identificar as causas da falta de organização é o primeiro passo para colocar as coisas nos seus devidos lugares

Algumas pessoas são organizadas por natureza. Mas, para outras, essa é uma batalha diária. Por trás da falta de organização estão algumas causas. E quando as pessoas identificam o motivo de seu comportamento, fica mais fácil corrigi-lo.

Os especialistas afirmam que, geralmente, há outras situações que podem levar à incapacidade de manter a ordem, como as que estão descritas abaixo.

Insegurança

Em alguns casos, pode haver dependência ou apego às coisas materiais, pois, de certa forma, os pertences podem proporcionar segurança. Portanto, desfazer-se dessas coisas pode gerar temor e ansiedade. Surge, então o distúrbio do acúmulo e, consequentemente, a desordem. Uma situação como essa pode se tornar um empecilho na vida de qualquer pessoa que convive com os outros.

Perfeição excessiva

O desejo de fazer tudo perfeito se transforma no principal obstáculo na hora de colocar a organização em prática, pois as coisas nunca ficarão tão bem quanto se deseja. A pessoa, então, posterga a tarefa da organização, pois não quer fazê-la “de qualquer jeito”.

Procrastinação

“Outro dia eu faço”, “hoje não posso”. Procrastinar é sinônimo de adiar. E o fato de deixar tudo para depois é uma das causas mais comuns da falta de organização. Isso acontece por causa da pressa, da negligência ou da dificuldade de gerenciar o tempo e estabelecer prioridades.

Precaução: “guardar para depois”

Existem pessoas que gostam de guardar as coisas, pois consideram que, em algum momento, elas serão úteis. Com isso, não descartam nada, formando pilhas de papel, roupa e objetos – a maioria inútil.

“Valor sentimental”

Há também aquele tipo de pessoa que guarda coisas que, para ela, tem um significado especial. Isso tem certa relação com o apego e a insegurança. Também são pessoas que têm medo de mudança, para quem é difícil virar a página de uma relação ou situação. Com isso, elas guardam e vivem de lembranças.

Conselhos para quem quer ser mais organizado (a):

  1. Priorizar. Para ser organizado em casa ou no trabalho é preciso ter clara a importância de cada coisa e cada compromisso. Por isso, as anotações ajudam a saber por onde começar.
  2. Uma coisa de cada vez. Assim, você terá pela concentração na tarefa e poderá conclui-la com sucesso.
  3. Não deixar para amanhã o que se pode fazer hoje. Não procrastinar é o primeiro passo para quem quer ser organizado.
  4. Praticidade. Se a falta de organização se tornou uma pedra no sapato, é preciso procurar ser mais simples e prático. Geralmente, quando as pessoas têm vários lugares para guardar as coisas, elas são mais organizadas. A ideia é facilitar a vida para que tudo permaneça em seu devido lugar.
  5. Descartar. É uma regrar para conservar a organização.
  6. Estabelecer metas. É melhor ter poucas metas, porém atingíveis. Por exemplo, proponha-se a arrumar uma parte do armário no dia e, em outro, o restante. O importante é começar.
  7. A pressa é inimiga da perfeição. Evitar viver com pressa é a melhor forma de fortalecer o caráter e progredir na vida.

A organização requer vontade e esforço. Mas, quando você consegue, nasce o desejo de conservá-la e não voltar atrás.

Artigo publicado originalmente em LaFamilia.info

 

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia