Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 28 Fevereiro |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Abram alas! Chegaram os pais millennials

MILLENNIAL

Monkey business images - Shutterstock

María Verónica Degwitz - publicado em 21/11/17

Uma geração com um estilo próprio de educar os filhos

A geração X e os baby boomers dão lugar à nova geração de pais, que lotam os parques, colégios e consultórios pediátricos: os millennials.

Criados em um ambiente tecnológico, em que a individualidade e a liberdade de expressão são os valores mais estimados, os millennials estão começando a formar famílias – e têm uma maneira muito específica de fazer isso.

Essa geração decidiu ter filhos muito mais tarde que as anteriores. Os millennials terminam seus estudos, trabalham, conhecem o mundo e depois vão formar família. Como são pais mais tarde, têm uma visão um pouco mais madura sobre a paternidade: tendem a ser mais superprotetores e a estar mais alertas sobre os perigos e ameaças que os filhos enfrentam.

Essa é a geração da “disponibilidade” para todas as atividades dos filhos. Nós os vemos frequentemente nas partidas de futebol, aproveitando as férias escolares com as crianças e até nas consultas médicas. A possibilidade de estarem disponíveis remotamente para o trabalho (através dos telefones celulares) faz com que seja mais fácil a presença deles nos eventos aos quais seus antecessores tiveram que se ausentar.

A tecnologia influenciou muito na vida dos millennials: a web é a tribo da geração Y. O apoio às mães cansadas ou aos pais que buscam formas de acalmar o choro do filho vem sempre do teclado. As redes sociais se tornaram o palco da vida familiar: os Stories do Instagram, os perfis pessoais criados para os bebês e os álbuns de foto no Facebook são a nova maneira de apresentar os filhos e comunicar a alegria da vida familiar aos amigos e conhecidos.

Os pais millennials sempre buscam consenso. Eles deixaram para trás as práticas autoritárias de disciplina e os castigos. Essa geração cresceu na democracia e aplica seus valores na vida familiar: preferem ter conversas longas e bons diálogos com os filhos, tentando, assim, fomentar neles a capacidade de tomar decisões baseadas em informações. Eles se sentem incomodados com regras e normas rígidas e não são capazes de suportar a frustração dos filhos.

Talvez a característica mais benéfica dos pais millennials para a família moderna é a corresponsabilidade. Eles sabem que são responsáveis por sua família e são capazes de assumir qualquer papel que ela exigir. A figura do pai distante, autoritário e provedor ficou para trás. Assim como a da mãe abnegada e submissa. As famílias dos millenials são equipes: cada um sabe qual é seu papel, quais são suas tarefas e tentam desempenhá-las da melhor forma, embora às vezes seja difícil. Mas, para eles, não há outra maneira de levar a vida.




Leia também:
O que você precisa saber sobre os millennials

Tags:
FilhosInternetJovensPaternidade
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia