Aleteia

Programe suas férias no Santuário Nacional de Aparecida

A12.com / Creative Commons
Compartilhar
Comentar

Local tem antigos e novos pontos turísticos que atraem e encantam os devotos

Todo mundo concorda que o Santuário Nacional de Aparecida é lindo, gigantesco e acolhedor, não é mesmo? Mas muitos peregrinos não conseguem visitar nem a metade desse local sagrado para nós, católicos. Ainda mais depois deste ano em que comemoramos os 300 anos do aparecimento da imagem de Nossa Senhora no rio Paraíba do sul. Durante as celebridades, alguns pontos turísticos foram abertos ao público.

Abaixo, apresentamos um guia dos principais pontos turísticos do Santuário para você aproveitar, conhecer e rezar em cada canto da Casa da Mãe. Não se esqueça também de visitar o nicho de Nossa Senhora, a Sala dos Milagres, a Capela das Velas e outros pontos que você já conhece.

 – Cúpula 

 A Cúpula foi inaugurada no último dia 11 de outubro, na celebração da Coroação Solene. A obra está localizada sob o Altar Central, a 72 metros do chão.

Na visita ao espaço, os devotos podem visitar e conhecer de perto todos os detalhes da Cúpula Central, assim como entender por meio de uma série de 52 painéis, a simbologia dessa obra e todo o processo de construção e finalização dessa grande coroa do Santuário de Aparecida, idealizada pelo artista sacro Cláudio Pastro, falecido em outubro de 2016.

Reprodução / Instagram

Outro destaque desse espaço é a exposição dos 300 anos, destacando os principais acontecimentos dessa grande celebração, como por exemplo, os mantos usados durante as visitas jubilares de Nossa Senhora Aparecida nos estados brasileiros, o carimbo comemorativo, os frascos com as terras de todas as capitais, os frascos de água dos principais rios do Brasil, o selo comemorativo, informações sobre os monumentos do tricentenário, memorial dos construtores e o campanário, os paramentos litúrgicos usados nas celebrações especiais dos 300 anos, as medalhas comemorativas e ainda, o manto usado na imagem de nossa Senhora Aparecida no dia 12 de outubro e uma réplica da coroa jubilar, onde o devoto poderá ver de perto todos os detalhes desse presente que contém um pouco de todos os brasileiros. Cerca de 100 objetos estão em exposição nesse espaço

– Monumento dos 300 anos

Quem visita o Santuário Nacional poderá encontrar o monumento instalado nos Jardins do Santuário, próximo à avenida do Convento, uma homenagem aos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

A obra, um réplica do monumento inaugurado nos Jardins do Vaticano, foi inaugurada no Santuário em 8 de outubro de 2016 sob a assinatura do artista plástico Cláudio Pastro e produzida em Verona, na Itália, pela Progetto Arte Poli.

A peça tem 3,42 metros de altura, com uma base de 1,13 metros de largura frontal. O corpo do monumento, com 2 cm de espessura, foi confeccionado em Aço Corten e pesa 1.713 kg. A imagem da Santa é de bronze, na cor dourada, e pesa 8 kg.

O monumento retrata uma canoa na base, os três pescadores e uma rede, que recorda o momento do encontro da Imagem nas águas do Rio Paraíba do Sul em 1717.

– Campanário

O conjunto do Campanário integra as obras do Jubileu dos 300 anos do encontro da Imagem de Aparecida nas águas do Rio Paraíba do Sul.

Reprodução / Instagram

Os sinos do Campanário do Santuário Nacional funcionam de duas formas: através de toques comuns ou reproduções musicais personalizadas pelo Santuário através de teclado próprio para esta função. O artista sacro Cláudio Pastro, falecido em outubro de 2016, explicou que o som produzido pelo bronze é considerado a voz de Deus, toca no coração, ou seja, no ser de cada um.

– Monumento de Nossa Senhora de Fátima

O Santuário Nacional de Aparecida inaugurou o Monumento Fátima dentro da iniciativa conjunta dos jubileus comemorativos de 300 anos de Aparecida (Brasil) e 100 anos de Fátima (Portugal) em 2017.

No dia 17 de maio de 2014 a imagem de Nossa Senhora de Fátima chegou ao Santuário Nacional, levada em procissão luminosa desde a Basílica Velha.

– Memorial dos Construtores

 Localizado na rampa de acesso ao Santuário Nacional pela Porta Santa o Memorial dos Construtores foi inaugurado no dia 30 de novembro de 2016, como um dos marcos do Ano Jubilar em comemoração aos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

A obra destaca os 2.356 nomes, escritos em 96 placas de bronze em homenagem os Bispos, Arcebispos, Cardeais, Reitores, Administradores do Santuário, Padre, Engenheiros, Colaboradores com mais de 20 anos de trabalho na Casa da Mãe, e ainda os primeiros colaboradores da Família Campanha dos Devotos.

  – Capela da Ressurreição

 A Capela Ressurreição foi inaugurada em novembro de 2007. Localiza-se na Esplanada João Paulo II, no fim da colunata externa, sendo um local dedicado à oração e reflexão.

Abriga os restos mortais dos Bispos e Arcebispos de Aparecida, Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, Dom Antônio Ferreira de Macedo e Dom Geraldo Maria de Moraes Penido, além do Memorial dos Devotos, um memorial virtual que relembra todos os colaboradores da Campanha dos Devotos que já se foram para a Casa do Pai.

– Museu Nossa Senhora Aparecida

 Museu Nossa Senhora Aparecida foi inaugurado em 8 de setembro de 1956, com benção do Cardeal Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, primeiro Arcebispo de Aparecida. Toda a sua coleção foi reunida pela professora Conceição Borges Ribeiro a partir da coleta de objetos pela região, com destaque para as peças indígenas. O primeiro local de funcionamento foi o prédio das Oficinas Gráficas de Arte Sacra de Aparecida.

Mais tarde, o museu foi transferido para a Galeria do Hotel Recreio, onde permaneceu até a mudança definitiva para a Torre do Santuário, onde foi inaugurado em 12 de outubro de 1967, passando a ocupar o 2º andar. O espaço conta com exposições permanentes e temporárias sobre diversas temáticas, tendo como plano de fundo a história da devoção a Padroeira do Brasil.

 – Memorial de Devoção a Nossa Senhora Aparecida

 O Memorial da Devoção Nossa Senhora Aparecida é um complexo turístico anexo ao Santuário Nacional, inaugurado no dia 12 de fevereiro de 2016. O Memorial da Devoção abriga o Cine Padroeira, o Museu de Cera com mais de 60 peças, o Cantinho dos Devotos Mirins, um espaço para exposições e uma loja de artigos religiosos.

Todas as atrações unem arte e efeitos multimídia, para levar o visitante a uma experiência sensorial única pela história da Padroeira do Brasil, desde seu encontro nas águas do Rio Paraíba, até os fatos mais recentes dessa trajetória, como a construção da Basílica Nacional.

O empreendimento fica no pátio da Basílica, ao lado do Centro de Apoio aos Romeiros, e é uma iniciativa do Santuário Nacional em parceria com Grupo Dreams.

 

Os horários de funcionamento, bem como os valores dos ingressos dos pontos turísticos podem ser conferidos diretamente no site do Santuário Nacional.

 

 

 

 

 

Compartilhar
Comentar
Boletim
Receba Aleteia todo dia