Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Atualidade

Por que a internet não deu voz a “legiões de imbecis”

SZTUCZNA INTELIGENCJA

Shutterstock

Alexandre Ribeiro - publicado em 13/12/17

A sociabilidade virtual pode representar um ganho de complexidade e metaestabilidade para o conjunto da vida social

Um famoso escritor italiano disse que as redes sociais na internet deram voz a “legiões de imbecis que antes só falavam no bar”. Mas será mesmo?

De fato, até pouco tempo atrás, as pessoas conectavam-se umas às outras em lugares físicos de suas vilas ou cidades. Agora, também se conectam pela internet. Mas o fundamento da conexão entre as pessoas não mudou. A sociabilidade é a mesma, só que exercida em estruturas diferentes.

O comportamento social é caracterizado pela atuação recíproca dos indivíduos. O que internet e as redes sociais fizeram foi nada mais do que oferecer à sociabilidade humana uma nova estrutura técnica, baseada na rede mundial de computadores. Assim surgiu a sociabilidade virtual, que é a atuação dos indivíduos, uns sobre os outros, no ambiente digital, realizada por meio do fluxo de comunicação e da troca de informação.

A sociabilidade virtual é formada pelo conjunto dos sinais codificados da comunicação humana na mídias sociais na internet. Ela integra a ecologia cognitiva do ser humano, enquanto materialização de processos cerebrais e de construções da criatividade humana.

Nesse sentido, a sociabilidade virtual é um instrumento a serviço dos cérebros que a cultivam. Ao favorecer que indivíduos atuem reciprocamente no meio digital, a sociabilidade virtual configura-se como uma propriedade emergente da estruturação do fluxo de comunicação humano em redes de computador.

O surgimento da sociabilidade virtual marca uma nova etapa da sociabilidade humana, em que sistemas técnicos baseados em redes de computador tornam-se acessíveis à efetização de sistemas sociais.

Para o ser humano, o desenvolvimento de sistemas técnicos voltados para a modelagem de sistemas sociais por si só já pode ser considerado um ganho de complexidade. Trata-se de uma nova etapa evolutiva da sociabilidade humana.

O desenvolvimento de novos sistemas técnicos – os mais recentes na hierarquia dos gêneros de sistemas – amplia o potencial de desenvolvimento dos demais gêneros de sistemas (físicos, químicos, biológicos e sociais). Sistemas técnicos podem servir de suporte a sistemas biológicos. Um exemplo disso são as próteses criadas para suprir necessidades e funções de indivíduos sequelados por amputações. No caso dos sistemas sociais, os sistemas técnicos que formam as redes de computador passam a ser o ambiente de emergência da sociabilidade virtual.

O aumento de complexidade dos sistemas sociais – potencial esse favorecido pelo desenvolvimento de sistemas técnicos que ambientam a sociabilidade em redes digitais – poderá culminar na emergência de uma cibernética da sociabilidade virtual simbiótica, cuja função seria a ampliação da complexidade e metaestabilidade da vida social.

Tal sociabilidade virtual simbiótica poderia ambientar, por exemplo, a emergência de mecanismos de exercício político (instância de poder e decisão sobre os sistemas biológicos, como a saúde e o meio ambiente; sistemas econômicos, como as redes de produção; e sistemas culturais, como a educação e o conhecimento).

A simbiose entre sistemas técnicos e sociais somada à sociabilidade virtual simbiótica apresenta-se como possibilidade efetiva de ganho de complexidade e metaestabilidade para o conjunto da vida social.

Essa perspectiva positiva da sociabilidade virtual exige o reconhecimento de que nada está isolado no universo. Tudo que existe é um sistema ou ao menos o componente de algum sistema ao qual está conectado. Ou seja, nada está – e nem nunca esteve – isolado “no bar”.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
ComunicaçãoInternettecnologia
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Papa Francisco São José Menino Jesus
ACI Digital
Papa Francisco reza esta oração a São José há...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia