Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconEspiritualidade
line break icon

São João da Cruz: a trajetória (e 21 frases iluminadoras) de um grande místico

ST JOHN OF THE CROSS

Public Domain

Reportagem local - publicado em 14/12/17

Santa Teresa de Ávila o definiu como "uma das almas mais puras da Igreja". Maravilhe-se com a sua vida e a sua sabedoria!

A trajetória do grande místico

São João da Cruz nasceu provavelmente em 1540 e foi batizado como Juan de Yepes y Álvarez.

Natural de Fontiveros, na província espanhola de Ávila, ele ficou órfão de pai e precisou se transferir com a mãe de um lugar para o outro. Com grandes dificuldades, a mãe conseguiu fazer com que ele pudesse estudar.

Em 1563, João vestiu o hábito carmelita. Após a filosofia e a teologia, foi ordenado sacerdote em 1567, ano em que se encontrou com Santa Teresa de Ávila. A grande mística estava prestes a receber a permissão de fundar outros dois conventos de carmelitas contemplativos, que mais tarde seriam chamados de “carmelitas descalços”.

Embora pensasse em entrar na cartuxa, São João da Cruz tornou-se parte do primeiro núcleo de carmelitas reformados, em 1568, a pedido de Santa Teresa.

Qualquer processo de reforma acarreta tensões e, às vezes, desentendimentos. Com São João da Cruz não foi diferente. Na noite de 2 de dezembro de 1577, um mal-entendido fez com que João fosse levado a um mosteiro em Toledo, onde ficaria prisioneiro em condições duríssimas, isolado numa cela minúscula e obrigado a receber penitências públicas uma vez por semana. Sem sequer uma lamparina, rezava o breviário utilizando a pouquíssima luz que vinha da cela contígua por um pequeno buraco na parede e durante um tempo muito limitado. São João da Cruz ficou nesta situação deplorável até escapar da prisão.

O mais extraordinário é que foi nesse período de solidão e sofrimentos na cela escura que João completou uma das suas composições mais conhecidas: o “Cântico Espiritual”, obra de grande lirismo e misticismo.

Sua vida foi devotada a Cristo e ao serviço dos irmãos: ele ama a Deus e isso lhe basta. Foi nesse amor imenso que a morte o acolheu nos braços, sereno, em 14 de dezembro de 1591, na Andaluzia.

21 frases iluminadoras de São João da Cruz, místico e doutor da Igreja

Santa Teresa de Ávila o definiu como “uma das almas mais puras da Igreja”. Maravilhe-se com a sua sabedoria mediante estas 21 pequenas mostras:

  1. Ao entardecer desta vida, serás examinado no amor.
  2. Onde não existe amor, coloca amor e amor encontrarás.
  3. Quanto mais uma alma ama, tanto mais perfeita é naquilo que ama.
  4. A alma que caminha no amor não se cansa.
  5. Com mais abundância e suavidade se comunica Deus nas adversidades.
  6. Sem caridade, nenhuma virtude é graciosa diante de Deus.
  7. Um só pensamento do homem vale mais que o mundo todo; portanto, só Deus é digno dele.
  8. Procurai lendo e encontrareis meditando; chamai orando e abrir-se-vos-á contemplando.
  9. Para se enamorar de uma alma, Deus não põe os olhos na sua grandeza, mas na grandeza da sua humildade.
  10. Deus não obra as virtudes na alma sem a sua cooperação.
  11. Um ato de virtude gera na alma suavidade, paz, consolação, luz, pureza e fortaleza.
  12. Deus humilha muito para elevar muito.
  13. Quem age com tibieza está próximo da queda.
  14. Grande mal é olhar mais aos bens de Deus que ao próprio Deus.
  15. Se queres chegar à posse de Cristo, jamais O procures sem a cruz.
  16. Mais do que quantas obras possas fazer, Deus prefere de ti a pureza de consciência, ainda que no menor grau.
  17. Quem cai estando só, caído a sós fica; e em pouca conta tem a alma, pois unicamente em si mesmo confiou.
  18. A sabedoria entra pelo amor, pelo silêncio e pela mortificação; grande sabedoria é saber calar e não olhar aos ditos, aos feitos e às vidas alheias.
  19. Quem não procura a cruz de Cristo não procura a glória de Cristo.
  20. Agrada mais a Deus uma obra, por pequena que seja, feita às escondidas e sem desejo de que saibam, do que mil feitas com desejo de que os homens as conheçam.
  21. A maior necessidade que temos para progredir é calar o apetite e a língua diante do grande Deus, pois a linguagem que Ele mais ouve é o amor calado.
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
DoutrinaEspiritualidadeIgrejaSantos
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia