Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Histórias Inspiradoras

Quase uma noite de fiasco: a incrível história de "Noite Feliz", a canção de Natal mais famosa do mundo

Capela Noite Silenciosa (Noite Feliz)

Gakuro - via Wikipedia - CC BY-SA 3.0

Reportagem local - publicado em 18/12/17

Como foi que a "Noite Silenciosa" de um sacerdote austríaco se tornou tão popular a ponto de ser declarada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

Noite Feliz” é uma das canções de Natal mais populares do mundo inteiro, com traduções registradas em pelo menos 45 idiomas. De tão conhecida, tornou-se um clássico declarado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO em 2011!

Numa pequena paróquia da Áustria…

O compositor da canção foi o padre Joseph Mohr, da paróquia de São Nicolau, na pequena cidade austríaca de Oberndorf.

Pe. Joseph Mohr

Os registros apontam que a canção foi executada pela primeira vez na Missa do Galo de 1818, naquela mesma paróquia e num contexto peculiar: o sacerdote estaria um tanto inquieto porque o órgão da igreja estava quebrado – os foles teriam sido roídos pelos ratos. Em tais condições, a cantata de Natal corria o perigo de ser um fracasso.

A fim de remediar a situação, o sacerdote saiu à procura de um amigo, o músico Franz Xaver Gruber. O padre Mohr havia escrito um poema de Natal dois anos antes e precisava que Gruber criasse para ele a melodia. Algumas versões do relato, porém, dizem que o padre compôs a letra em pleno caminho até a casa de Gruber.

Franz Xaver Gruber

Quando Franz viu a letra, confirmou que poderia, sim, musicá-la, já que era simples e a melodia precisava ser fácil para que os paroquianos aprendessem rapidamente a cantá-la. Além disso, a canção teria que ser tocada em violão e flauta, porque não havia tempo para nada mais elaborado – sem falar que o órgão estava fora de questão naquele momento.

O padre Mohr agradeceu ao músico e correu de volta à paróquia para terminar de organizar a Missa do Galo. À noite, Franz chegou à igreja com o violão e reuniu o coral para ensinar a música improvisada.

Naquele Natal de 1818, os fiéis da igreja de São Nicolau cantaram, maravilhados, a melodia singela e envolvente que, sem imaginarem, viria a se tornar a canção de Natal mais conhecida de todo o planeta.

De uma pequena paróquia para o mundo inteiro

Novos arranjos foram feitos por Gruber pouco antes de sua morte, em 1863. Em 1845, já tinha surgido o primeiro arranjo para orquestra, e, em 1855, um novo para órgão. Em 1900, a música já era mundialmente conhecida.

Em 1918, foi celebrado o centenário da composição. O seguinte cartaz, em alemão, foi uma das homenagens do jubileu:

Mas como foi que uma canção tão simples se espalhou dessa forma pelo mundo todo?

Um relato popular diz que o técnico que foi consertar o órgão da paróquia de Oberndorf havia ouvido a história do padre e pedido que lhe tocassem aquela canção. Ele ficou tão impressionado que passou a repartir a melodia por todas as igrejas por onde passava.

O que tinha começado no improviso e sob uma perspectiva de “fiasco” em plena Missa de Natal se revelou um belíssimo presente natalino para toda a humanidade em forma de canção!

Quanto à igreja de São Nicolau em Oberndorf, ela não existe mais: foi demolida no começo do século XX porque, estando perto do rio Salzach, sofria constantes alagamentos. Para substituí-la, foi construída na década de 1920, num lugar 800 metros mais alto, a Capela Memorial da Noite Silenciosa (em alemão, Stille-Nacht-Gedächtniskapelle – cf. foto abaixo), que, apesar de acolher somente vinte pessoas por vez, recebe no fim do ano cerca de 7 mil peregrinos para a Missa de Natal!

Da “Noite Silenciosa” à “Noite Feliz”

Aliás, “Noite Silenciosa” é o título original da música em alemão: “Stille Nacht“. A tradução literal foi mantida na versão “Silent Night“, em inglês. Outras línguas, porém, tiveram que adaptar a letra para fazê-la caber na música: é o caso, por exemplo, do francês “Douce Nuit” (“Doce noite“) e do português “Noite Feliz“.

As duas letras em português

Em nosso idioma, a primeira versão foi feita por Pedro Sinzig por volta de 1912. Algum tempo depois, surgiu ainda a versão anônima “Noite de Paz“. Confira ambas as letras:

NOITE FELIZ – Versão de Pedro Sinzig, c. 1912
Noite feliz! Noite feliz! o Senhor, Deus de amor, pobrezinho nasceu em Belém. Eis, na lapa, Jesus, nosso bem! Dorme em paz, ó Jesus! Dorme em paz, ó Jesus! Noite feliz! Noite feliz! Oh! Jesus, Deus da luz, quão afável é teu coração que quiseste nascer nosso irmão e a nós todos salvar! e a nós todos salvar! Noite feliz! Noite feliz! Eis que, no ar, vêm cantar aos pastores os anjos dos céus, anunciando a chegada de Deus, de Jesus Salvador! de Jesus Salvador! NOITE DE PAZ – Versão Anônima
Noite de paz! Noite de amor! Tudo dorme em derredor. Entre os astros que espargem a luz, proclamando o menino Jesus, brilha a estrela da paz! brilha a estrela da paz! Noite de paz! Noite de amor! Nas campinas ao pastor lindos anjos, mandados por Deus, anunciam as novas dos céus: Nasce o bom Salvador! Nasce o bom Salvador! Noite de paz! Noite de amor! Oh! que belo resplendor ilumina o Menino Jesus! No presépio do mundo eis a luz, sol de eterno fulgor! sol de eterno fulgor!
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
HistóriaMúsicaNatal
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia