Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O quarto de Santa Teresa de Calcutá

MOTHER TERESA
Compartilhar

Conheça a simplicidade do lugar em que Madre Teresa viveu, trabalhou e morreu

Este é o quarto onde Madre Teresa viveu e trabalhou desde a década de 1950 até a sua morte em 1997, na cidade de Calcutá, Índia.

MOTHER TERESA,ROOM
Jeffrey Bruno | Aleteia

Foi neste lugar simples e de muita paz que ela fez reuniões, deu vários telefonemas, escreveu cartas e se reuniu com as irmãs. Aliás, a porta estava sempre aberta para elas.

Na fotografia tirada por Jefrrey Bruno exclusivamente para a Aleteia, é possível ver o mapa múndi e o mapa da Índia, que ajudaram Madre Teresa a mostrar às irmãs onde seriam abertas as fundações da obra a que ela se dedicava.

O quadro escrito à mão enumera os fundamentos das Missionárias da Caridade.

Foi deste quarto e desta cama que Madre Teresa partiu ao encontro de Deus.  Na sua luta para respirar, bem antes de morrer, Madre Teresa olhou fixamente para a Cruz e a coroa de espinhos na imagem emoldurada da Santa Face de Jesus.

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.