Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Kit Lego que retrata Missa faz sucesso em lojas católicas

LEGO
Compartilhar

Stephen e Jennifer queriam dar um presente original de primeira comunhão ao filho - e a ideia se tornou um negócio de sucesso

Stephen e Jennifer Maas são um casal dos Estados Unidos que tem um pequeno negócio familiar chamado Domestic Church Supply Co. A empresa, porém, vende apenas um produto, que se tornou um sucesso: um kit Lego que reproduz a celebração de uma missa.

O kit “Father Leopold Celebrates Mass” (“Padre Leopoldo celebrando a missa”) começou como um projeto pessoal, mas se tornou uma missão para o casal e os seus cinco filhos, educados por homeschooling. O mais velho é Leopold, de dez anos, apelidado de “Leo”.

Quando Leo estava para fazer a sua primeira comunhão, Stephen, de 39 anos, e Jennifer, de 42, não encontravam um presente que achassem realmente interessante para o seu filho. Terços, livrinhos devocionais e cartões não satisfaziam o casal, que queriam algo diferente para o filho aficionado por Lego.

O presente ideal seria um kit Lego de uma missa. Só que havia um problema: isso não existia. “Então eu pensei: como assim não tem nenhum padre na Legoland?”, conta Stephen. A pergunta deu início a um processo de um ano e meio. Stephen vasculhou as peças e tijolinhos Lego de seu filho e testou vários altares e ambões diferentes. A primeira comunhão de Leo chegou, passou, e o pai continuou tentando encontrar o melhor modelo. Desejando um kit tão completo quanto possível, Stephen encontrou quem pudesse imprimir um quadradinho branco no colarinho de um bonequinho Lego vestido de preto e detalhes dourados em livrinhos Lego para criar um missal e um lecionário.

Para os paramentos, Stephen testou vários tipos de tecido, cujas características fizessem com que as vestes tivessem um bom caimento no bonequinho. O tecido esportivo da Nike foi o escolhido, cortado a laser no formato dos paramentos da liturgia católica.

A família inteira se envolveu com o projeto, tomando notas a cada nova igreja visitada. As crianças e seus amigos atuaram como consultores, testando uma versão beta do manual de instruções.

A intenção de comercializar o produto para além das paredes de casa logo ficou clara, mas foi então que veio uma pergunta crucial: seria possível vender? Eles pesquisaram sobre questões de direitos autorais e descobriram que uma vez que um produto foi comprado, os criadores originais não podem ditar o que será feito com ele. Comprar peças originais Lego e reorganizá-las em um novo kit não seria, então, um problema.

Stephen encomendou suprimentos de bloquinhos na BrickLink, uma loja online em que fãs de Lego podem comprar quantidades massivas de peças em tamanhos, formas e cores específicos de colecionadores do mundo todo. Ele e Jennifer passaram noites montando os kits, quando as crianças já estavam na cama.

Sucesso

O casal lançou o produto na Conferência de Homeschooling Católico do Minnesota, em maio de 2015. Com as redes sociais, o kit foi amplamente divulgado. Livrarias e lojas católicas dos Estados Unidos, do Canadá e do Reino Unido começaram a encomendar o produto. O site da empresa do casal também vende o kit.

O produto é um sucesso. O casal teve até mesmo que contratar um funcionário para montar os kits, que são vendidos a 50 dólares. Como Stephen tinha experiência como designer gráfico, cada kit não deve em nada a um kit Lego oficial: a caixa e o manual de instruções são impecáveis. O conjunto vem com 174 peças Lego genuínas, incluindo três com pequenas modificações: a camisa do padre, o lecionário e o missal. Além disso, estão inclusos quatro paramentos, em verde, vermelho, branco e roxo.

O kit é formado por um altar, um ambão, uma sede, uma credência, um sacrário e todos os objetos usados na missa: cálice, patena, galhetas, lavabo e até hóstias. Dentro do altar uma pequena peça de osso representa a relíquia de um santo. A criatividade do casal foi longe: a peça que representa a cruz sobre o sacrário é, na verdade, os raios de uma roda, e os castiçais são telescópios.

Seu pequeno negócio tem um objetivo: tornar a fé algo que pertence ao dia-a-dia das crianças. “Nossa primeira intenção é evangelizar”, diz Stephen. “Nosso objetivo é fazer com que os garotos tragam seus Lego Batman para a missa”.

E há planos para o futuro: a família pretende lançar um kit representando um confessionário em 2018 e planeja ainda uma linha com figuras de santos, papas e bispos. Uma coisa é certa: a Legoland nunca mais vai ser a mesma.

Com informações de Catholic Herald, via Sempre Família