Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Menino que caiu do 9º andar acordou do coma ouvindo esta canção de Natal

Compartilhe este artigo para ter a chance de ganhar uma peregrinação a Roma
Compartilhar
Compartilhei
Compartilhamentos

Ele sobreviveu a uma queda de 27 metros de altura em junho deste ano e, até hoje, os médicos não conseguem achar explicação

A vida de Martín é um milagre. Ainda não se sabe como é que o menino, hoje com 4 anos de idade, sobreviveu a uma queda de 27 metros de altura, em junho, quando tinha 3 anos. Nem a medicina nem a lógica puderam dar uma resposta. O que se tem de real e concreto, enquanto isso, é o testemunho de uma criança alegre, muito forte e… viva!

Em 7 de junho, Martín foi até a varanda do apartamento da família em Tucumán, na Argentina, escalou o parapeito e caiu no pátio interno do edifício. Nove andares. 27 metros de altura. 3 anos de idade.

Qualquer pai consegue imaginar (e sentir na espinha) a indescritível angústia de ver lá embaixo o corpinho do próprio filho, estendido no chão. O pai, Máximo, conforme os relatos da mãe, Florencia, agiu com rapidez e autocontrole. A mãe estava no trabalho. “Acho que eu teria me atirado da varanda atrás do meu filho“, diz ela.

Martín foi imediatamente hospitalizado. Apesar da queda de nove andares, ele não apresentava fraturas. Sofreu contusões e algumas lesões potencialmente graves e, por isso, os médicos precisaram mantê-lo em coma induzido.

O menino começou a abrir os olhos quando a mãe cantava para ele a mesma canção de Natal que lhe sussurrava desde bem pequenino:

“A Virgem Maria vai caminhando, a caminho de Belém. Como o caminho é tão longo, o Menino teve sede…”

Trata-se de uma estrofe de “La Virgen del Naranjel (“A Virgem Maria do Laranjal”), também conhecida como “La Virgen y el Ciego(“A Virgem Maria e o Cego“). A canção é muito popular no norte da Argentina.

E por que essa canção?

Quando você fica sabendo que o seu filho caiu do nono andar, você não sabe o que pensar. Mas eu tenho muita fé. Eu me agarro a ela. Deus é maior que qualquer coisa“, disse Florencia, em junho, a uma imprensa tão incrédula quanto os médicos que presenciaram o milagre.

Martín é hoje uma criança perfeitamente saudável, praticamente já sem marcas que recordem aquele incidente. Como destacou o jornal Clarín, até o seu professor de artes marciais ficou surpreso com a força incrível do menino, que, aos 4 anos de idade, já é faixa amarela – uma conquista prematura para essa idade.

O filho do milagre ouvirá muitas vezes a canção de Natal que a mamãe lhe cantava desde pequenino – a mesma canção com que ele despertou do coma.

Assim como mal podemos imaginar a angústia daqueles pais depois da queda do menino, mal poderemos imaginar a emoção que eles vão sentir neste Natal ao cantarem para Martín “La Virgen del Naranjel”…

Eis a letra da canção:

ORIGINAL EM ESPANHOL

La Virgen va caminando,
camino para Belén.
Como el camino es tan largo,
al Niño le ha dado sed.
Callad, Niño de mi vida, callad, Niño de mi bien,
que allá por donde vamos hay un dulce naranjel.
El dueño de esas naranjas
es un ciego y nada ve.
– Ciego, dame unas naranjas
para el Niño entretener.
– Pase, Señora, y corte
las que le sean menester.
Como la Virgen es baja,
sólo cortó más que tres.
Una le dio a su Niño, otra le dio a San José.
Y otra quedó en sus manos
para el Niño entretener.

LIVRE TRADUÇÃO AO PORTUGUÊS

A Virgem Maria vai caminhando
a caminho de Belém.
Como o caminho é tão longo,
o Menino ficou com sede.
Quieto, Menino da minha vida! Quieto, Menino, meu bem,
que lá para onde vamos tem um doce laranjal.
O dono dessas laranjas
é um cego que nada vê.
– Cego, dá-me umas laranjas
para o Menino entreter.
– À vontade, Senhora,
corte as que lhe sejam mister.
Como a Virgem é baixinha,
não cortou mais do que três.
Uma deu ao seu Menino, a outra deu a São José.
E a outra ficou em suas mãos
para o Menino entreter.

Selecione como você gostaria de compartilhar.

Compartilhar
* O crédito para artigos compartilhados será fornecido somente quando o destinatário do seu artigo compartilhado clicar no URL de referência exclusivo.
Clique aqui para mais informações sobre o Sorteio da Aleteia de uma Peregrinação a Roma

Para participar do Sorteio, você precisa aceitar os Termos a seguir


Ler os Termos e Condições