Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Conheça o lugar onde Santo Inácio escreveu os Exercícios Espirituais

MANRESA
Compartilhar

A rota inaciana passa pela cidade espanhola em que o fundador da Companhia de Jesus teve várias experiências místicas

Santo Inácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus, é muito conhecido em Euskadi (Espanha) e em Roma (Itália). Mas um dos lugares mais emblemáticos da vida dele fica na localidade catalã de Manresa, que agora está potencializando o Caminho de Santo Inácio com a “Rota Inaciana”.

Foi nessa cidade, não fica muito longe do célebre mosteiro beneditino de Montserrat – também significativo na vida do santo – que Inácio descobriu sua vocação religiosa e fez votos de pobreza. Também foi lá que ele começou a escrever seus Exercícios Espirituais, em 1522.

Manresa organiza rotas inacianas pela cidade, chegando a um dos lugares mais impressionantes: a famosa “Cueva” [Caverna]. Construída entre os séculos XVII e XVIII, virou um santuário e casa de exercícios.

Inácio de Loyola viveu em Manresa durante 11 meses: de março de 1522 a fevereiro de 1523. As experiências que ele teve na cidade ajudaram-no a consolidar sua trajetória espiritual depois que ele decidiu abandonar a vida militar para se dedicar à meditação.

Segundo relata sua autobiografia, Inácio teve experiências místicas e “raptos espirituais” em Manresa, que foram chave para a redação de sua obra mais influente, um clássico da literatura cristã universal: seus “Exercícios Espirituais”.

Os lugares inacianos em Manresa incluem a ante-caverna, com mosaicos, molduras e vitrais muito ricos em decoração, que levam à caverna. Destaque para o retábulo do século XVII de Joan Grau, um escultor barroco. Também há uma série de medalhões do artista Josep Sunyer.

A Casa dos Exercícios é um colossal edifício neoclássico, que acolhe todos os peregrinos do mundo que querem fazer os Exercícios Espirituais no lugar onde eles foram criados. No local, também há uma comunidade jesuíta.

A cidade de Manresa também abriga alguns lugares desconhecidos, como a “Capela de Santo Inácio enfermo”. A família Amigant acolheu Inácio na casa deles em várias ocasiões. Na capela, conserva-se uma tela com a imagem da família cuidando do santo.

Uma curiosidade é a casa onde o agora santo pedia esmola e onde ele deixou um cilício antes de abandonar Manresa.

Outro ponto da rota inaciana é a “Ermita de la Guía”, lugar por onde Inácio chegou a Manresa e onde teve a visão que o conduziu à caverna.

Em 2022, Manresa celebrará o ano Jubiliar, em comemoração aos 500 anos da chegada de Santo Inácio de Loyola à cidade.