Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Por favor, ajude-nos a manter este importante serviço. APOIE AGORA
Aleteia

Padre celebra missa com ajuda de aparelhos médicos… por um motivo incrível

Compartilhar

Ele tinha algo muito importante a dizer

“Como foi o seu ano de 2017? O meu, se não foi o melhor, foi um dos melhores anos da minha vida e do meu ministério. Foi um ano de grandes desafios, de muitas pelejas e de belas conquistas. Gente, foi o ano em que fui ao Céu!!!!!! Lembra-se: no dia 27 de maio, no dia em que dei entrada na UTI, tive a graça de ir até o portão do Céu… mas tanta gente rezou por mim, inclusive vc, e eu voltei. Amém? Glória a Deus!!!!!

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas sentadas

Digo que foi um dos anos mais felizes da minha vida porque fui ao Céu e tb porque a enfermidade tem me ensinado algumas coisas… Com as provas da vida algumas pessoas pioram (e pioram sua família, comunidade, a sociedade). Penso que eu, pela graça de Deus, melhorei um bocadinho. A enfermidade tem me tornado mais orante, paciente, humilde, misericordioso com os irmãos. Se antes eu já gostava de sorrir, agora sorrio mais ainda!

A imagem pode conter: 14 pessoas, pessoas sorrindo, selfie

Se, graças a Deus, eu já tinha uma boa escala de valores (não nasci em berço de ouro, como Jesus tb não nasceu… mas, como Ele, tenho uma família de ouro!!!!), minha escala foi ainda melhorada: passei a valorizar mais a vida, a família, os amigos, a Comunidade, o tempo que Deus me dá. 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas, mesa e área interna


Hoje, sou consciente: não sirvo à enfermidade, mas me sirvo dela para servir os doentinhos de corpo e alma. Amém? Sirvo-me da enfermidade para tornar Jesus mais conhecido, amado, seguido e adorado. Posso até afirmar para vc: espero a minha cura, creio que o Senhor me curará (Ele já está me curando, amém?), mas sou muito mais feliz hoje do que antes.

E vc: como foi o seu 2017? Conte pra mim, partilhe conosco. Vamos transformar tudo isso em oração?

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas no palco e área interna

P.S. Esta foto é da Santa Missa do dia 31/12/17, na Casa João Paulo II.”

(Via Facebook/Padre Márlon Múcio, mss)

Milhões de leitores em todo o mundo – incluindo milhares do Oriente Médio – contam com a Aleteia para se informar, buscar inspiração e conteúdos cristãos. Por favor, considere a possibilidade de ajudar a Edição em Árabe com um pequeno donativo.