Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Religião

Por que as pessoas se inclinam quando passam diante de uma capela ou altar?

© Public Domain

Canção Nova - publicado em 09/01/18

Gestos são capazes de manifestar amor e união

Pode parecer que, não queira responder à pergunta do título desta página, mas acredito que ajude nossa reflexão a consideração de alguns gestos da vida pública de Jesus, como são apresentados nos evangelhos.

Vamos lá! Fiquemos atentos aos verbos que indicam os gestos de Jesus. Como citam essas passagens : Ele se aproxima da sogra de Pedro e, tomando-a pela mão, levanta-a; a febre a deixou, e ela se pôs a servi-los (Marcos 1,29-31).

Um leproso aproxima-se dele e, de joelhos, suplica: “Se queres, tens o poder de purificar-me”. Jesus enche-se de compaixão e, estendendo a mão sobre ele, toca-o, sem nenhuma repugnância: “Eu quero, fica purificado” (Mc 1,40-45).

Em Betsaida, Jesus segurou o cego pela mão, levou-o para fora do povoado, cuspiu nos olhos dele, impôs-lhe as mãos e perguntou: “Estás vendo alguma coisa?”. Não enxergando bem, Jesus novamente impõe as mãos sobre os olhos e ele começou a enxergar perfeitamente (Mc 8,22-26).

Esses poucos, entre os muitos exemplos dos gestos de Jesus, que encontramos narrados nos Evangelhos, são uma expressão da realidade do ser humano.

Gestos manifestam o amor e a união

O filósofo francês, de inspiração cristã, Emmanuel Mounier, na sua obra sobre “O Personalismo”, publicada em 1949, indicava como primeira característica do homem, o fato dele ser uma “existência incorporada”. Para Mounier, a expressão “existência incorporada”, ou “existência encarnada” mostra que, entre alma e corpo, há uma profunda unidade. “Não posso pensar, ele afirma, ser sem meu corpo: por meio dele eu estou exposto a mim mesmo, ao mundo e aos outros”.

Quantas vezes nós nos expressamos com os gestos! É suficiente pensar nos gestos expressos nas relações entre marido e mulher, pais e filhos, irmãos e irmãs, amigos. Ou, os gestos que expressam nosso respeito à pátria, quando ficamos de pé, cantando o hino nacional. Ao beijarmos nossos familiares, expressamos o amor que temos por eles. E quantos outros gestos manifestam este amor!

Os gestos expressam também nossa união com Deus, com Cristo, com Nossa Senhora e os santos. Nesse sentido, fazemos o sinal da cruz com água benta (sinal do batismo) ao entrar na Igreja. Nós nos ajoelhamos diante do Sacrário contendo o Santíssimo Sacramento. Ficamos de pé para a procissão de entrada, e fazemos inclinação de cabeça quando o crucifixo, sinal visível do sacrifício de Cristo, passa em procissão. Batemos no peito ao “mea culpa” (por minha culpa, minha tão grande culpa) etc..

Comunhão com Deus

Quando nós nos inclinamos, ficamos mais baixos. Reconhecemos a superioridade, naturalmente em grau diferente, de Jesus, de Maria, a “cheia de graça”, dos santos; que “souberam amar muito mais que nós”, a Deus e aos irmãos. Pedimos a intercessão deles, confessando nossa comunhão com eles.

Capela e altar são lugares sagrados,  onde nós nos reunimos e expressamos nossa fé com palavras e gestos, inclusive inclinando nossa cabeça.

O importante é que esses gestos não fiquem apenas na exterioridade, mas, sejam manifestações sinceras da nossa comunhão profunda com tudo o que mais nos une a Deus.

Por Lino Rampazzo, via Canção Nova

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
SAINT JOSEPH SLEEPS
Philip Kosloski
Durma em paz com esta breve oração a São José
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia