Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 26 Fevereiro |
Santo Alexandre
home iconReligião
line break icon

Sim, corrigir o próximo é um jeito corajoso de amá-lo

2 MEN HUGGING

Marco Giumelli | CC BY 2.0

Dom Henrique - publicado em 17/01/18

Não confunda amor e misericórdia com a covardia ou o comodismo de não corrigir

No capítulo XVIII de São Mateus Jesus exorta seus discípulos, reunidos como Igreja, a corrigirem-se mutuamente.

Há lugar, sim, para a correção fraterna na Igreja!

Por ser Comunidade de amor, é Comunidade de compromisso, de responsabilidade no seguimento de Cristo.

Não se pode usar o amor para acobertar a covardia, a tibieza, a frieza para com o Senhor e os irmãos e os desmandos na Comunidade! O amor é exigente: “O amor de Cristo nos impele” (cf. 2Cor 5,14).

A infidelidade ao amor a Cristo e aos irmãos é precisamente o pecado, que gera a divisão, a desunião, que faz sangrar a Igreja.

Por isso Jesus nos exorta à correção fraterna, desde aquela simples, feita entre irmãos, até a correção formal e mais solene, feita pelo Bispo ou até mesmo pelo Papa, como Chefe Supremo da Igreja de Cristo neste mundo: “Se o teu irmão pecar contra ti, vai corrigi-lo; se ele não te ouvir, toma contigo mais uma ou duas pessoas; se ele não der ouvido, dize-o à Igreja”.

Muitas vezes, vê-se confundir amor e misericórdia com a covardia ou o comodismo de não corrigir.

Ora, a correção é um modo de amar, é um modo de preocupar-se com o outro e com a Comunidade que é ferida pelo pecado e o mau exemplo. A correção pode salvar o irmão.

Quantos escândalos nas nossas Comunidades e em nossas famílias poderiam ter sido evitados se houvesse a correção no momento oportuno e do modo discreto e sincero que Jesus nos recomenda!

A omissão em corrigir é covardia, é falta de amor, é pecado de omissão e desatenção pelo irmão.

Certamente, tal correção deverá ser feita sempre com amor, com discernimento, com caridade fraterna.

No VI século, São Bento, na sua Regra para os monges, deu um preceito encantador: “In tribulationem subvenire” – poderíamos traduzir assim: “socorrer na tribulação”.

O verbo latino usado foi “sub-venire”: vir por baixo, vir de baixo. Ou seja, socorrer sim, corrigir sim, mas com a humildade de quem vem por baixo para sustentar, amparar e ajudar, para salvar; não vem com a soberba de quem está por cima para massacrar! Corrigir, sim, mas como Deus, que em Jesus, veio por baixo, na pobreza do presépio e na humilhação da cruz!

Aí a correção terá mais chance de surtir efeito!

Se em nossas comunidades de Igreja, se em nossas famílias, sobretudo no comportamento dos pais em relação aos filhos, for retomado o bom e corajoso hábito da correção fraterna e amorosa, certamente a convivência será mais sadia e seremos mais verdadeiros e felizes.

(via Dom Henrique Soares, bispo de Palmares)

Tags:
Igreja
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Eucaristia
Reportagem local
Diocese afasta padre que convidou pastor para “concelebrar&...
2
Padre Paulo Ricardo
Nossos tempos são os últimos? A Irmã Lúcia responde
3
OPERA SINGER
Cerith Gardiner
Cantora de ópera faz apresentação incomum e homenageia Maria e as...
4
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
5
DOMINIKANIN, SZCZEPIONKA COVID
Jesús V. Picón
Padre desenvolve vacina contra Covid-19 para os pobres
6
SPANISH FLU
Philip Kosloski
Os poderosos conselhos do Padre Pio durante uma pandemia na Itáli...
7
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia