Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Uma oração para reconhecermos nossas limitações

MODLITWA
Shutterstock
Compartilhar

E pedirmos força ao Senhor

Senhor, quando eu me sinto cego e sem luz

para entender o que devo fazer

ou dar sugestões aos outros,

vêm aos meus lábios as palavras

do cego do Evangelho:

“Senhor, que eu veja”.

 

Dá-me, sobretudo, sensibilidade

e abertura para ouvir,

para que eu possa te escutar

quando bateres à minha porta.

Às vezes, Senhor, me acho

tão interiormente pobre

tão sujo e tão cheio de feridas…

 

Estende tua mão até mim,

como fizeste

com o leproso do Evangelho.

Dá-nos tua força

para cumprirmos nossa missão,

a mesma força que destes aos apóstolos

quando os chamastes para te seguir,

a mesma força que deste a Mateus

quando lhe disseste: “Segue-me”.

E ele se levantou e te seguiu.

 

Seguindo o conselho

de tua Mãe em Caná:

“Fazei tudo quanto Ele vos dizer”,

estamos certos de que,

se acolhermos tuas palavras,

tua força poderosa

não apenas transformará a água em vinho,

mas fará

de nossos corações de pedra

corações de carne.

 

Por isso, te pedimos:

Ajuda-me na minha falta de fé.

 

Padre Arrupe sj

 

Oração originalmente publicada por Oleada Joven, traduzida em adaptada ao português.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.