Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Por que os animais de estimação são bons para o seu corpo e a sua alma

LOVE YOUR PET
Compartilhar

Nossos cães e gatos podem ser excelentes pontes de relacionamento com outras pessoas

Alguns dizem que ter um animal de estimação é uma questão de grande responsabilidade, como se isso fosse algo ruim. De fato, uma das melhores coisas sobre compartilhar a vida cotidiana com um animal está relacionada ao desenvolvimento de um senso de responsabilidade perante outro ser que passa a ser completamente dependente da própria vontade: um animal doméstico que vive em um apartamento ou um quintal não será capaz de prover comida, água ou abrigo por si só. Tudo depende do seu dono humano.

Mas seu cão, gato, periquito ou hamster não é o único que se beneficia desse relacionamento. Por exemplo, o Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina e Saúde Pública da Universidade de Wisconsin confirmou que crianças expostas a cães e gatos são menos propensas a desenvolver doenças alérgicas. Compartilhar a infância com companheiros peludos influencia positivamente e ajuda a desenvolver o sistema imunológico das crianças.

Mas não só as crianças se beneficiam de ter um animal de estimação ao redor. Em um artigo publicado por Barbara Ballinger no AgingCare.com, o psicoterapeuta Dr. Jay P. Granat afirma que, uma vez que os gatos e os cães vivem muito no “aqui e agora”, eles ajudam os idosos a não se concentrar excessivamente no amanhã e apreciar o presente de forma mais completa. Além disso, como eles fornecem companheirismo, os animais de estimação ajudam a combater a depressão causada pela solidão.

Os animais de estimação ajudam as pessoas a construir relacionamentos, não apenas com outros que gostam de animais, mas em geral. Ao fornecer uma sensação de “alteridade”, os animais de estimação podem, de fato, “ensinar” aos seus proprietários humanos o básico de vincular-se com outros seres, dando assim aos seus proprietários um “treinamento” fundamental para lidar com as complexidades próprias das relações humanas.