Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Atualidade

"Africanas precisam do aborto para sair da pobreza"? Uma africana responde...

Obianuju Ekeocha

Obianuju Ekeocha - Captura de Tela via YouTube

Reportagem local - publicado em 29/01/18

...e detona a repórter abortista da BBC que tinha feito essa afirmação enviesada, manipuladora e repleta de preconceito

Obianuju Ekeocha, carinhosamente chamada pelos amigos de Uju, é a presidente da organização pró-vida Culture of Life Africa, que promove no continente africano a cultura da família, do matrimônio, da maternidade, da paternidade e da santidade da vida humana.

Uju é nigeriana, mas grande parte da sua atuação como ativista pró-vida é exercida no Reino Unido. Com frequência, ela ouve absurdos a respeito da África e de como as mulheres africanas, do ponto de vista dos abortistas ocidentais, “precisariam” ter mais acesso ao aborto como “meioindispensávelpara superar a miséria” (!)

Uju voltou a se ver diante desta afirmação ofensiva, mentirosa e raivosamente ideológica durante uma entrevista que concedeu em 11 de julho de 2017 a uma jornalista da rede britânica BBC. Em um programa da BBC World News dedicado ao Dia Mundial da População, Uju representou a Sociedade para a Proteção dos Não Nascidos. A entrevistadora Babita Sharma teve a infelicidade de afirmar que “as mulheres africanas precisam do aborto e da contracepção para sair da pobreza“.

E foi então que Uju lhe deu esta resposta:

“A minha salvação da pobreza foi a educação, não a contracepção. E há muitas outras mulheres que caminharam pelo mesmo caminho que eu, sem terem que recorrer à contracepção fornecida pelo governo britânico ou pelo governo dos Estados Unidos”.

Uju completou, com veemência, que a pobreza se combate com alimento, água e cuidados médicos básicos.

A jornalista martelou então o batido e infundado “dogma” laicista de que o aborto e a contracepção seriam um “direito humano básico”. Em vez de se comportar como entrevistadora, que, supostamente, deveria ouvir a opinião da entrevistada, Babita Sharma se mostrou defensora ferrenha do seu próprio ponto de vista, interrompendo a ativista, misturando assuntos de maneira forçada e, praticamente, tentando obrigar Uju a concordar com suas falácias.

A ativista pró-vida, no entanto, não se deixou abalar e recordou à entrevistadora que as mulheres africanas não estão pedindo aborto nem contracepção, medidas estas que são uma tentativa de imposição ideológica ocidental:

“Se falamos de aborto, eu acho que nenhum país ocidental tem o direito de financiar abortos em um país africano, especialmente quando a maioria das pessoas não quer abortar. Isto é uma forma de colonização ideológica”.

A jornalista da BBC prosseguiu com seu panfletarismo unilateral e impositivo, afirmando que “é um fato” que “centenas de milhões de mulheres não têm acesso à contracepção e deveriam ter“.

E Uju continuou a desmascarar a manipulação subjetiva e o enviesamento ideológico das imposições genéricas de Babita Sharma:

“Você está dizendo ‘deveriam’, mas quem é você para decidir, se você não se importa com o que eu digo? Não existe uma demanda popular. Eu nasci na África, cresci na África e vou lá várias vezes por ano. Você pode falar com qualquer mulher africana. Acho que a contracepção poderia ser a décima coisa que ela gostaria de ter”.

A ativista pró-vida enfatizou ainda que os ideólogos pró-aborto omitem informação crucial quando tentam impor a sua agenda a qualquer custo:

“Durante toda esta conversa sobre a contracepção, a única coisa que eu nunca ouvi falar é sobre seus efeitos colaterais. Ninguém diz isso às mulheres africanas quando promovem a contracepção”.

Uju ainda relatou que já teve de consolar mulheres africanas que haviam usado dispositivos intrauterinos sem terem sido advertidas dos seus efeitos colaterais:

“Essas mulheres estavam chorando. Ninguém nunca tinha contado a elas sobre os efeitos colaterais terríveis dos anticoncepcionais. Mas alguém de uma organização ocidental foi lá, implantou nelas esse dispositivo intrauterino e declarou: ‘É disto que você precisa para sair da pobreza’”.

Não são necessárias muitas elaborações filosóficas para desmascarar a falácia das pseudoargumentações abortistas. Bastam os fatos reais, livres da maquiagem ideológica.

Você pode conferir a entrevista de Uju à BBC neste vídeo (em inglês):

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=FutdOaDXOg0&w=560&h=315]

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
AbortoÁfricaCultura do descarteIdeologiamentiramidiaVida
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Papa Francisco São José Menino Jesus
ACI Digital
Papa Francisco reza esta oração a São José há...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia