Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Julho |
Santa Marta
home iconCuriosidades
line break icon

Pastéis de Belém: um pequeno tesouro da Igreja

Reprodução/DeliPortugal

Arautos do Evangelho - publicado em 06/02/18

Eles são feitos segundo uma antiga receita do mosteiro dos Jerônimos. Apenas uma confeitaria no mundo os fabrica.

Certa ocasião, um incauto brasileiro de passagem por Lisboa entrou em uma confeitaria e pediu:

– Por favor, um cafezinho e um Pastel de Belém.

– O café, servimos-lhe com muito gosto, mas Pastel de Belém, infelizmente, não temos à disposição de nossos clientes… – respondeu o garçom.

– Como não têm, se os vejo em abundância na vitrine?

– Ah! O senhor deseja um pastel de natas…, pois os Pastéis de Belém, só os conseguirá degustar na confeitaria do mesmo nome.

E realmente é assim!

Uma coisa é provar um pastel de natas em qualquer doceria, outra é saborear os autênticos Pastéis de Belém. E é fácil encontrar sua confeitaria!

Do centro de Lisboa, na região da Baixa ou do Chiado, dirija-se até a zona de Belém. Próximo aos famosos monumentos como a Torre de Belém, o Mosteiro dos Jerônimos e o Palácio de Belém, residência do Presidente da República, situa-se o berço dos famosos pastéis (folheados), a antiga Confeitaria de Belém.

Outrora, funcionava ali uma refinaria de açúcar, de propriedade dos monges do Mosteiro dos Jerônimos. Expulsas do país as ordens religiosas, em 1834, após os movimentos e revoluções liberais do século XIX, de seus fornos começaram a sair, a partir de 1837, estes deliciosos doces, segundo uma antiga receita do mesmo convento.

Torre de Belem.jpg

Naquela época em que tudo dependia da tração animal, não era tão fácil assim chegar a Belém. O caminho era relativamente longo, tendo de ser feito a pé, a cavalo ou de coche. Mas os Pastéis de Belém eram cada vez mais reputados, apreciados e procurados. Entretanto, sua grande popularidade adveio com a chegada do bonde elétrico a Belém, no início do século XX.

Para se ter ideia do prestígio e da fama internacional que em meados do século passado os Pastéis de Belém alcançaram, basta mencionar o seguinte fato: durante a 2ª Guerra Mundial, tendo o governo português expedido ordens de racionamento do açúcar, a Confeitaria de Belém obteve licença para continuar a produzir os referidos doces. Hoje, eles são conhecidos no mundo todo.

Diariamente, saem em média 12.000 pastéis dos fornos da Confeitaria.  O “segredo” de sua manufatura até hoje é conservado com discrição e sigilo. A massa folheada do pastel está sempre soltinha, fresca, úmida, macia, deliciosa. O creme que a completa não é o conhecido zabaione, nem o simples creme de leite… É diferente… E ainda mais polvilhado com canela e açúcar de confeito!

Se de momento não podemos saboreá-los, ao menos, pelas fotos, poderemos contemplá-los… como também observar o pitoresco de todo o ambiente externo e interno dessa Casa de Pastéis, com seus belos azulejos, suas vitrines envernizadas, suas várias salas e salões, onde o freguês, além dos pastéis, pode degustar chás, sucos e outros pratos oferecidos pela confeitaria. (Revista Arautos do Evangelho, Set/2004, n. 33, p. 38-39)

(via Arautos)

Tags:
IgrejaPortugal
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira reza todos os dias às 3h ...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
CANDLELIGHT PROCESSION AND ROSARY
Elizabeth Zuranski
A oração escondida no fim da Ave-Maria
4
menino Lázaro curado câncer
Aleteia Brasil
Brasil: família testemunha cura de menino com câncer por interces...
5
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
6
Padre Zezinho
Reportagem local
Cura pela televisão é possível? Pe. Zezinho desmascara manipulaçõ...
7
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia