Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Redação da Aleteia / ACI Digital
Como surgem as intenções de oração do Papa?
María Álvarez de las Asturias
Como ajudar um casal que se separou?
Padre Reginaldo Manzotti
Oração para pedir luz ao Senhor
Padre Reginaldo Manzotti
5 lições de vida para ser feliz
Prosa e Poesia
Os recomeços
Vatican News / Redação da Aleteia
Papa aos juízes: não buscar interesse pessoal

A sugestão do Papa Francisco sobre como fazer a oração de adoração

WOMAN,PRAYING,PRAYER
Compartilhar

Pode não ser fácil, pois, "diante da glória de Deus, as palavras desaparecem: não sabemos o que dizer"... (e eis o "segredo": não precisa dizer nada!)

Durante a homilia da Santa Missa que celebrou no dia 5 deste mês, na Casa Santa Marta, o Papa Francisco destacou a Primeira Leitura do dia (1Re 8,1-7.9-13): o rei Salomão convocava o povo a subir até o templo levando a Arca da Aliança do Senhor. Era um caminho ladeira acima, um subir durante o qual se carregava a própria história, “a memória da eleição”. Uma aliança simples: “Eu amo você e você me ama” – o primeiro e o segundo mandamentos, amar a Deus e amar ao próximo. Quando a arca foi introduzida no santuário e os sacerdotes saíram do lugar santo, a nuvem encheu o templo do Senhor e o povo entrou em adoração.

Refletiu o Papa:

“Dos sacrifícios ao silêncio; à adoração… Tantas vezes eu penso que nós não ensinamos o nosso povo a adorar. Sim, ensinamos a rezar, a cantar, a louvar a Deus, mas a adorar…

A oração de adoração nos prostra sem nos prostrar: a prostração da adoração nos dá nobreza e grandeza. Aproveito, hoje, com tantos párocos de recente nomeação, para dizer: ensinem o povo a adorar em silêncio. Adorar!

Mas só podemos conseguir com a memória de termos sido eleitos, de termos dentro do coração uma promessa que nos impulsiona a seguir, e com a aliança nas mãos e no coração. E sempre em caminho: caminho difícil, caminho em subida, mas em caminho rumo à adoração”.

O Papa Francisco observou ainda que, diante da glória de Deus, as palavras desaparecem: não sabemos o que dizer. Salomão, durante a adoração, consegue dizer somente duas palavras:

“Escuta e perdoa”.

Este é, ao final da homilia, o convite de Francisco: adorar em silêncio, conscientes da história que trazemos, e pedir a Deus:

“Escuta e perdoa”.

Aleteia Top 10
  1. Lidos