Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Aleteia

Rede Globo ataca novamente, agora zombando da Santíssima Eucaristia

Pe João Marcos responde a programa da Globo que ofendeu a Eucaristia
Pe. João Marcos / Imagens de tela
Compartilhar
Comentar

Mas um sacerdote respondeu com firmeza ao arremedo de "humor" veiculado pela emissora, frequentemente acusada de agredir valores cristãos

No dia 30 de janeiro deste ano, o programa supostamente humorístico “Tá no Ar”, da Rede Globo, apresentou o assim chamado humorista Marcius Melhem fantasiado de sacerdote católico e zombando da Santíssima Eucaristia.

O falso padre protagonizava a imitação de um programa de televendas e pedia aos fiéis que ligassem para receber a comunhão por delivery, como se fosse fast food:

“Peçam a hóstia delivery e fiquem de barriga cheia”.

Além disso, o arremedo de humor anunciava artigos jocosos como óculos 4D para assistir à missa sem sair de casa.

programa ta no ar ofende católicos e Eucaristia
Fotografias de televisão transmitindo programa da TV Globo

Reação aos insultos

Diante do assim chamado artista cujo suposto humor não teve qualidade suficiente para fazer rir sem precisar desrespeitar os valores da maioria da população brasileira, o pe. João Marcos, da Canção Nova, lançou um vídeo-resposta repudiando a zombaria e questionando se o responsável pela ofensa teria a mesma coragem para zombar de uma religião como o islã.

“Que ele fizesse a mesma brincadeira, entre aspas, a mesma ‘brincadeira’ que fez com a fé cristã, que ele fizesse com a fé do islã. Quero ver se vai ter a mesma coragem, porque ficam brincando com a fé católica e nós não fazemos nada. E nós precisamos nos manifestar.

Essa fé tem uma tradição de mais de 2000 anos. Nós não brincamos de celebrar a Santa Missa. Nós não brincamos de celebrar a Eucaristia. Nós não brincamos de atender uma confissão. Nós não brincamos de dar uma absolvição. Nós fazemos aquilo que Jesus pediu, aquilo que está na Palavra de Deus”.

O sacerdote também critica a TV Globo, que diz pregar respeito às diferenças, mas não respeita a religião católica.

“Respeite a nossa fé cristã, aquilo em que nós acreditamos, respeite os católicos, que são maioria neste país, mais de 69% desse povo, que confia, que crê na Eucaristia, na presença real de Jesus, do Seu Corpo, Sangue, Alma e Divindade no sacramento da Eucaristia”.

O pe. João Marcos pede:

“Irmão, respeite a fé católica, respeite o cristianismo. Não zombe daqueles que creem”.

E reforça o desafio:

“Faça o mesmo que fez conosco com o islã… Faça com eles! Quero ver se você vai ter a mesma coragem”.

Emissora é acusada de agredir valores cristãos com frequência

A TV Globo é frequentemente acusada de posar de paladina do “respeito”, da “tolerância”, da “inclusão” e de todos os mantras genéricos do politicamente correto, com os quais procura construir uma aparência de responsabilidade social, ao mesmo tempo em que, de modo corriqueiro, desrespeita o próprio discurso com sistemáticos ataques contra valores centrais da fé cristã.

Esses ataques vêm às vezes disfarçados de “ficção”, como em suas telenovelas; outras vezes de “humor”, em programas como o aqui citado; outras, ainda, de “jornalismo” ou “informação”, como nas muitas ocasiões em que abre espaço para defensores do aborto, da eutanásia e de ideologias como a de gênero, mas sem ceder o mesmo espaço para a apresentação de pontos de vista discordantes expostos por pessoas especializadas nos assuntos em questão.

Casos concretos dessa postura de tergiversação podem ser conferidos na lista de artigos abaixo. A lista inclui também veementes protestos contra as práticas da emissora carioca publicados por bispos e sacerdotes que não se acovardam diante dessas formas truncadas e enviesadas de abordar assuntos que, por sua gravidade, exigem aprofundamento imparcial:

Fantástico, o show da morte: pesquisa manipulada defende aborto

Programa Big Brother é acusado, pelo próprio público, de incentivar incesto

Além do Império do Comendador: o suposto “herói humano” e “forte” da novela que atrai milhões de brasileiros

Bispo brasileiro: “A Rede Globo é um demônio dentro de nossas casas”

Padre Zezinho reage às provocações da TV Globo e aos seus ataques contra a família