Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Aleteia

Ainda há tempo: oração e jejum com o Papa, hoje, pela paz

PAPIEŻ FRANCISZEK PODCZAS MODLITWY
Instagram/EAST NEWS
Compartilhar
Comentar

23 de fevereiro: Jornada de Oração e Jejum convocada pelo Papa Francisco #vídeo

No dia 4 de fevereiro, o primeiro domingo deste mês, o Papa Francisco lançou durante o Ângelus um apelo em favor da paz e convocou um Dia de Oração e Jejum para esta sexta-feira, 23 de fevereiro.

“Diante da trágica continuação de situações de conflito em diversas partes do mundo, convido todos os fiéis a um Dia especial de Oração e Jejum pela Paz em 23 de fevereiro próximo, sexta-feira da Primeira Semana da Quaresma. Vamos oferecê-lo em particular pelas populações da República Democrática do Congo e do Sudão do Sul. Como em outras ocasiões similares, convido também os irmãos e irmãs não católicos e não cristãos a se associarem a esta iniciativa nas modalidades que considerarem mais oportunas, mas todos juntos”.

O Papa recordou ainda:

“O nosso Pai Celeste sempre escuta os seus filhos que gritam a Ele na dor e na angústia. Cura os corações feridos e enfaixa as suas feridas”.

E propôs:

“O que eu posso fazer pela paz? Certamente podemos rezar; mas não só. Cada um pode dizer concretamente ‘não’ à violência naquilo que depender dele ou dela. Porque as vitórias obtidas com a violência são falsas vitórias; já trabalhar pela paz faz bem a todos”.

Ainda há tempo?

Se você não fez jejum durante a manhã, não se preocupe: é claro que há tempo de unir-se a esta jornada, passando a oferecer o seu sacrifício de jejum e abstenção deste momento em diante e rezando pela paz em todo o planeta, sobretudo nos dois países mencionados expressamente pelo Papa Francisco. São duas nações que estão sofrendo de maneira particularmente atroz e prolongada os horrores da guerra.

Vigílias anteriores

Esta não é a primeira iniciativa em favor da paz promovida pelo Papa Francisco. Ele propôs também:

2017

23 de novembro: no Altar da Cátedra da Basílica de São Pedro, o Papa presidiu uma Vigília de Oração também pela paz no Sudão do Sul e na República Democrática do Congo.

2014

8 de junho: encontro histórico nos Jardins Vaticanos entre o Papa Francisco, o presidente israelense Shimon Peres e e o líder palestino Mahmud Abbas, para invocarem juntos a paz no Oriente Médio.

2013

7 de setembro: na véspera da Natividade de Maria, Rainha da Paz, um dia de jejum e oração pela paz na Síria, no Oriente Médio e no mundo inteiro.