Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Aleteia

Talibã pede diálogo direto com representantes dos EUA

ISLAMIST TERRORISTS
Compartilhar
Comentar

O talibã afegão pediu nesta terça-feira aos Estados Unidos um “diálogo direto” com seus representantes no Catar, na véspera de uma conferência regional de paz em Cabul.

Esta é a primeira vez em mais de dois anos que os insurgentes se mostram dispostos a participar em negociações para acabar com um conflito iniciado em 2001.

“O escritório político do Emirado Islâmico do Afeganistão (denominação oficial do movimento talibã) pede às autoridades americanas que dialoguem diretamente com o objetivo de uma solução pacífica ao problema afegão”, afirma o site dos talibãs, que têm representação em Doha desde 2013.

Os talibãs se recusam oficialmente a participar em negociações de paz desde março de 2016 e pedem o fim da ocupação estrangeiras no Afeganistão.

Cabul recebe na quarta-feira a segunda conferência do “Processo de Cabul”, que reúne os representantes de 25 países da região, entre eles Índia e Paquistão, este último acusado de apoiar os insurgentes, assim como Estados Unidos e “três organizações internacionais, incluindo a ONU”, segundo o ministério das Relações Exteriores.

“Falarão sobre os mecanismos de paz e a luta contra o terrorismo”, afirmou à AFP o porta-voz do ministério, Ahmad Shekib Mustaghni. O presidente afegão Ashraf Ghani prometeu o anúncio de um “plano de paz”.

A primeira reunião aconteceu em junho do ano passado, sem resultados concretos.

Os talibãs não mencionam a conferência, na qual não participam, e propõem conversar diretamente com os americanos, ignorando o governo afegão, que chamam de “fantoche”.

“Se os americanos aceitarem as exigências legítimas do povo afegão e apresentarem suas próprias demandas e preocupações através de um canal pacífico, isto ajudaria a encontrar uma solução”, afirmaram.

(AFP)

Aleteia Top 10
  1. Lidos
    |
    Compartilhados
  2. Giovanni Marcotullio / Francisco Vêneto
    Entre insultos estarrecedores à família, juiz …
  3. Prof. Felipe Aquino
    São Jorge é santo mesmo?
  4. Ary Waldir Ramos Díaz / Redação da Aleteia
    Papa: por que devemos fazer o sinal da cruz nos …
  5. Giovanni Marcotullio / Redação da Aleteia
    Aleteia está em Liverpool para acompanhar a luta …
  6. Giovanni Marcotullio / Francisco Vêneto
    Entre insultos estarrecedores à família, juiz …
  7. Ary Waldir Ramos Díaz / Redação da Aleteia
    Papa: por que devemos fazer o sinal da cruz nos …