Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Apple elimina do seu calendário a Páscoa e a Sexta-Feira Santa

Compartilhar

Atendentes da empresa disseram a usuários cristãos que a medida foi deliberada e que "o calendário está do jeito que tem que estar"

A rede de notícias Fox News destacou recentemente um assunto que tem deixado muitos cristãos surpresos e vários bastante indignados: trata-se da constatação de que datas-chave para o cristianismo, como a Sexta-Feira Santa e a Páscoa, foram eliminadas dos calendários disponibilizados em aparelhos iPhone e em computadores da influente empresa de tecnologia Apple.

A eliminação deliberada ocorreu nas últimas atualizações dos sistemas operacionais da empresa para usuários dos Estados Unidos – e a tendência é que o mesmo vá sendo aplicado também aos demais países. No calendário oferecido por padrão aos usuários norte-americanos, foram mantidos feriados que, embora tenham origem religiosa, estão hoje amplamente secularizados, como o Dia de Ação de Graças e o Natal, além dos feriados civis como o Dia da Independência. Além disso, há opções para adicionar calendários alternativos, como o chinês, o hebraico e o islâmico. No entanto, a versão 11.2.5 do sistema iOS simplesmente exclui o cristianismo até mesmo da lista de calendários alternativos.

No caso do iPhone, as queixas vêm desde dezembro passado.

No fórum aberto disponível no site da própria Apple, um usuário que se apresenta como “Cantonmike” publicou naquele mês a sua própria experiência ao planejar a agenda para 2018 no calendário do seu iPhone:

“Eu estava tentando encontrar a Páscoa, mas ela não está mais lá. Tenho certeza absoluta de que antes estava no calendário”.

Outro usuário relatou que entrou em contato com o atendimento da Apple, mas o retorno foi hostil:

“O primeiro atendente com quem eu falei foi desdenhoso e me encaminhou para um especialista. O (outro) atendente não tinha conhecimento da omissão e registrou uma consulta interna. Depois ele me telefonou de volta e informou que, infelizmente, a resposta que tinha recebido era de que o calendário é para estar assim mesmo. A Apple decidiu omitir a Sexta-feira Santa e a Páscoa no calendário americano fornecido como padrão em seus produtos. Isso não faz absolutamente nenhum sentido”.

A Páscoa é simplesmente a data mais importante do cristianismo, cuja fé se alicerça na Ressurreição do Senhor. O número 638 do Catecismo da Igreja Católica afirma que “a Ressurreição de Jesus é a verdade culminante da nossa fé em Cristo” e o Apóstolo São Paulo é explícito ao afirmar que, se Cristo não ressuscitou, vã é a nossa fé.