Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 16 Outubro |
Santa Margarida Maria Alacoque
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Revista questiona “trabalho (quase) gratuito” de religiosas em instituições católicas

NUN

Shutterstock-Anneka

Agência Ecclesia - publicado em 01/03/18 - atualizado em 01/03/18

Artigo denuncia situações de desrespeito às consagradas

A edição de março da ‘Igreja Mulheres Mundo’, suplemento mensal do jornal do Vaticano, denuncia casos de trabalho “gratuito ou mal pago” e “pouco reconhecido” de religiosas em instituições católicas.

O artigo, disponível online, apresenta uma entrevista a uma consagrada de origem africana, que trabalha em Roma, sob o pseudónimo de ‘Maria’, que acolhe na capital italiana religiosas de diferentes partes do mundo.

O testemunho realça que muitas destas religiosas raramente são convidadas a sentar-se nas mesas que servem.

“Um eclesiástico acha que pode ter uma refeição servida por uma irmã e depois deixá-la a comer sozinha na cozinha, depois de ser servido? É normal, para um consagrado, ser servido desta forma por uma outra consagrada?”, questiona.

Segundo a entrevistada, algumas religiosas “servem em casas de bispos ou cardeais, outras trabalham na cozinha de estruturas da Igreja ou desempenham missões de catequese e ensino”.

“Algumas delas, ao serviço de homens da Igreja, levantam-se de madrugada para preparar o pequeno-almoço e só se deitam depois de o jantar estar servido, a casa arrumada, as roupas lavadas e engomadas… Para este tipo de ‘serviço’ não existe um horário preciso e regulamentado, como há para os leigos, e a retribuição é aleatória, muitas vezes bastante modesta”, assinala este testemunho.

O artigo intitulado ‘O trabalho (quase) gratuito das irmãs’ fala num sentimento de “ambiguidade e, muitas vezes, de grande injustiça”.

edição de março é dedicada ao tema ‘Mulheres e Trabalho’.

(Agência Ecclesia)

Tags:
Religiosos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
2
Milagre do Sol em Fátima
Reportagem local
13 de outubro: o dia em que o mundo presenciou o Milagre do Sol e...
3
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
4
MULHER REZANDO
O São Paulo
Rezar deitado: é certo ou errado?
5
Claudio de Castro
Uma alma do Purgatório te agradecerá por isto
6
PRIEST-EUCHARIST-ELEVATION-HOST
Philip Kosloski
O que devemos rezar quando o padre eleva a hóstia e o cálice?
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia