Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Por favor, ajude-nos a manter este importante serviço. APOIE AGORA
Aleteia

Jim Caviezel: “o terço me ajudou a concentrar”

JIM CAVIEZEL
YouTube
Compartilhar

Ator conta como a oração do terço foi fundamental para ele durante as gravações do filme “Paulo, Apóstolo de Cristo”

A oração do terço foi um recurso poderoso para que o ator Jim Caviezel pudesse encarar tão bem o desafio de representar São Lucas no filme “Paulo, Apóstolo de Cristo”, que tem estreia marcada para o dia 28 de março nos Estados Unidos. No Brasil, o filme deve entrar em cartaz no dia 3 de maio.

Em entrevista ao Grupo ACI, Caviezel disse que o evangelista São Lucas “menciona a Virgem Maria mais do que qualquer outro escritor”, e por isso, ele recorreu ao terço “para se concentrar, para rezar”.

O ator, que também interpretou Jesus no filme “A Paixão de Cristo” e, recentemente, confirmou sua atuação na sequência deste grande sucesso, disse que ficou impressionado com o exemplo de São Paulo no fim de sua vida. Caviezel questiona “como um idoso cansado, que está na prisão esperando a sua execução pode ser uma luz para o mundo? Muitas vezes, é através das nossas lutas, provações e tragédias que vem a vitória”, concluiu.

O exemplo de São Paulo também influenciou o ator que o interpreta no filme. James Faulkner declarou à ACI que mudou depois de ler e reler várias vezes as cartas escritas pelo apóstolo. “Sou mais humilde? Sim. Tenho mais amor pelo meu próximo? Sim. Há uma possibilidade de redenção para mim? Sim, há”, admitiu.

Ajuda do céu

Na mesma entrevista, Jim Caviezel confirmou que é católico e que vai à Missa todos os dias. “Tudo o que eu faço sempre é com a ajuda do céu. Isso marca o meu caminho e me guia. Foi assim que consegui o meu talento (…). Ele simplesmente multiplica e abençoa de uma forma que eu nunca pensei que fosse possível”, reconheceu o artista, que também revelou uma grande devoção a São Genésio, o padroeiro dos atores.

 

Com informações de ACI Digital 

 

Milhões de leitores em todo o mundo – incluindo milhares do Oriente Médio – contam com a Aleteia para se informar, buscar inspiração e conteúdos cristãos. Por favor, considere a possibilidade de ajudar a Edição em Árabe com um pequeno donativo.