Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Aleteia

Estudo comprova: o casamento faz bem para o homem

HAPPY,PEOPLE,THUMBS UP
Shutterstock
Compartilhar
Comentar

Os benefícios do casamento para os homens são significativos em todas as áreas, incluindo a vida sexual, as finanças e a saúde física e mental

Todo homem casado já foi alvo de piadinhas infames por parte dos amigos solteiros. Há, inclusive aqueles que, motivados por esses “colegas”, tendem a buscar a felicidade fora do casamento. Mal sabem eles que a vida a dois traz muito mais benefícios para os homens comprometidos do que para aqueles que ficam esperando a vida passar e, por inúmeros motivos, não assumem uma verdadeira relação afetiva.

Os benefícios do casamento para os homens foram comprovados por um estudo realizado nos Estados Unidos e publicado pelo Instituto de Estudos da Família. A pesquisa, intitulada  ‘Men and Marriage: Debunking the Ball and Chain Myth of Marriage for Men’ (algo como “Homens e Casamento, Desvendando o Mito do Casamento para os Homens”) foi desenvolvida por W. Bradford Wilcox e Nicholas H. Wolfinger, que concluíram: “Os benefícios do casamento para os homens são significativos em todas as medidas possíveis, incluindo o dinheiro, uma vida sexual melhor e uma saúde física e mental significativamente melhor”.

Veja quais são esses benefícios apontados pela pesquisa:

  1. Vida financeira e negócios: De acordo com o estudo, os homens casados ganham de 10 a 40% mais dinheiro do que os homens solteiros. Os homens casados também são menos propensos a serem despedidos e costumam ser mais bem sucedidos nos negócios;
  2. Vida Sexual: a pesquisa revelou que 54% dos homens casados se dizem satisfeitos com sua vida sexual. Entre os solteiros, a média de satisfação é de 43%;
  3. Saúde física e mental: A pesquisa diz que os homens casados vivem 10 anos mais que os solteiros, pois a maioria deles é mais propensa a cuidar melhor da saúde, a monitorar a saúde da mulher e a , junto com ela, adotar um estilo de vida mais saudável. De acordo com o estudo, os casos de depressão são mais comuns em solteiros. A pesquisa ainda revelou que 43% dos casados revelaram que estão “muito felizes” com a vida, enquanto entre os solteiros esse índice é de 20%.

 Apesar de todas as evidências, muitos homens ainda relutam em “dizer sim” ao casamento, devido a um estigma negativo carregado por esta instituição. Eles ainda têm a velha percepção de que a vida a dois lhe roubaria a “liberdade”.

“Nós acreditamos que estas percepções negativas precisam mudar. O primeiro passo é garantir que a próxima geração conheça a verdade sobre o casamento. Os jornalistas, cientistas sociais e encarregados de criar políticas têm a responsabilidade especial de divulgar amplamente as boas notícias sobre o casamento”, ressalta o texto que conclui o estudo.

 

Com informações da agência ACI Digital