Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Estilo de vida

O casamento e as amizades perigosas

JEALOUSY

Wavebreakmedia - Shutterstock

Dolors Massot - publicado em 07/03/18

Abra o olho! Existem amigos e amigas que podem colocar o seu casamento em risco

As relações humanas são necessárias em todos os aspectos e fases de nossa vida. Porém, quando estamos casados, é muito importante que sejamos cuidadosos na escolha de nossos amigos, e, ainda mais importante, na forma como estas amizades se desenvolvem.

Abaixo, listamos alguns tipos de amizade para as quais vale a pena impor limites saudáveis e evitar situações que coloquem em risco a vida conjugal.

Amizades do sexo oposto

Muito cuidado com isso! Quando somos casados, nosso melhor amigo é nosso cônjuge – ou, pelo menos, deveria ser. Muitos casamentos acabam quando a mulher se refugia nos braços do amigo do esposo para buscar consolo. Ou quando a amiga quer consolar o esposo da comadre porque ele está muito triste. Cuidado! Sejamos honestos: nenhuma esposa coerente gostaria que seu marido tivesse uma “melhor” amiga que não fosse ela. E vice-versa. Então, tenha bom senso e prudência!

Amizades sociais

Nesse tipo de amizade, as pessoas compartilham as partes mais íntimas de sua vida pessoal e matrimonial. Mas tome cuidado ao revelar intimidades que só dizem respeito a você e ao seu marido. Os amigos não precisam ficar sabendo de certas coisas.

Isso acontece quando se toca no tema da vida sexual, por exemplo. É preciso ter muita cautela e não deixar os amigos entrarem em certas áreas de nossa intimidade. Pense: o que meu marido pensaria de mim se soubesse que eu estou compartilhando coisas de nossa vida íntima com um terceiro?

Amizades de academias

Precisamos ficar atentos à forma como nos comportamos, vestimos e agimos nas academias. Sim, é muito legal compartilhar o esporte como paixão comum, mas isso é tudo.

Vista-se de forma apropriada. E muito cuidado com a linguagem não-verbal! Pode não parecer, mas estamos mandando mensagens ou insinuações quando a única coisa que queremos é malhar.

Amizades nas redes sociais

As redes sociais se tornaram um câncer para os matrimônios devido ao seu uso inapropriado.

Muitos casais entraram na onda de buscar os “ex” nas redes sociais e isso tem sido a gota d´água para muitos maridos e esposas. Tudo começa com um “oi, como você está?” ou um “quanto tempo!”, passando pelo trágico “você se lembra de quando…?”. E por aí vai até os dois se lembrarem de coisas que não deveriam ser lembradas.

Isso é perigosíssimo, principalmente para os casais que, infelizmente, tiveram uma relação carnal, pois “essas coisas” voltam à memória e podem ser um verdadeiro desastre.

Não há necessidade de lembrar daquilo que, por prudência, deve permanecer no esquecimento. Melhor você se afastar desse tipo de amizade nas redes.

Amizades no trabalho

Claro que podemos ter amigos no trabalho. Mas é muito importante que a delicada linha do respeito – principalmente em relação ao sexo oposto – não seja ultrapassada para, assim, não despertar sentimentos que podem causar problemas maiores.

Os companheiros de trabalho são só colegas e não têm que saber de sua vida íntima, muito menos dos problemas da sua vida matrimonial. Para isso, há outras e melhores pessoas que podem te ajudar.

Em quase todos os casamentos existem amizades que parecem inofensivas, mas podem se tornar perigosas, caso não se estabeleçam limites saudáveis e prudentes.

São amigos e amigas que chegam de forma sutil, inocente e delicada, e, se não agirmos de forma cuidadosa, viram verdadeiros destruidores de nossa relação. Abra o olho!

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
AmizadeCasamento
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Papa Francisco São José Menino Jesus
ACI Digital
Papa Francisco reza esta oração a São José há...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia