Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Bono se desculpa por acusações de assédio em ONG que fundou

Bono U2
Mark Sagliocco | AFP
Compartilhar

O cantor irlandês Bono, da banda U2, desculpou-se após as acusações de assédio e abuso contra funcionários da ONG ONE, da qual foi um dos fundadores em 2004, declarando-se irritado com os fatos.

O artista, 57, disse em um comunicado lamentar profundamente os fatos, denunciados neste domingo pelo jornal “The Mail”, e prometeu se reunir com as vítimas para fazer um pedido pessoal de desculpas.

O jornal detalha uma série de incidentes de abuso verbal e assédio sexual, entre eles o de uma mulher casada que foi prejudicada profissionalmente por ter se negado a ter relação sexual com um membro do parlamento da Tanzânia.

A organização ONE, que luta contra a pobreza e trabalha na prevenção de doenças, com sede em Washington, inclui em sua diretoria o ex-premier britânico David Cameron, a diretora do Facebook Sheryl Sandberg e o magnata africano das telecomunicações Mo Ibrahim.

(AFP)