Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Como convencer as famílias a irem mais à Missa? Veja o que esta paróquia fez

MASS KNEES
Corinne Simon I Ciric
22 août 2017 : Messe lors de l'Université d'été d'Acteurs d'Avenir. Eglise d'Ury (77), France.
Compartilhar

Ideias interessantes de um pároco dos Estados Unidos

A paróquia Cristo Rei, em Chicago, registrou surpreendentes 64% de aumento na frequência de fiéis na igreja no último outono. Como?

O site Catechist’s Journey pegou as explicações do pároco, o padre Larry Sullivan, que afirmou ter abordado a questão a partir de vários ângulos e adotado as seguintes ações:

  • Enviar e-mails semanais a todos os paroquianos, para convidá-los a participar da Eucaristia;
  • Colocar um folheto explicativo na caixa de correio dos fiéis;
  • Toda semana, em uma das Missas, um fiel dava um breve testemunho sobre “O que significa Cristo Rei para mim”;
  • Missa esportiva e festa com pizza;
  • Uma das organizações patrocina a Missa Noturna do sábado e a pizza;
  • Apresentação do novo coral estudantil;
  • Toda semana, é oferecido um prêmio especial a quem fizer a melhor fotografia dos padres da Missa dominical;
  • No último domingo de outubro, se 75% de uma classe de uma determinada escola fosse à Missa, a classe receberia um prêmio e um seria reservado um tempo entre as aulas para que os alunos pudessem jogar bola com o padre Matt. Se 90% dos estudantes comparecessem, toda a sala ganharia pizza. Foi fantástico ver as crianças motivando os colegas a irem à igreja.

Várias famílias disseram que, depois de quatro ou cinco semanas indo à Missa consecutivamente, o hábito mudou de um “talvez” para uma prioridade.

Leia mais sobre esta história aqui (em inglês).