Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco
Estilo de vida

Por que a educação emocional é tão importante?

PARENTING

Golden Pixels LLC - Shutterstock

Javier Fiz Pérez - publicado em 13/03/18

As emoções dão cor à vida

Viver junto é descobrir o outro, valorizá-lo, tomar ciência das semelhanças e da interdependência entre os seres humanos.

A docência não se limita aos ensinamentos intelectuais; seu objetivo é a educação que contribui com o desenvolvimento global de cada pessoa: corpo, mente, inteligência, sensibilidade, sentido estético, responsabilidade individual e espiritualidade.

Dimensão neuropsicológica

Joseph LeDoux, que, juntamente com Antonio Damasio, estudou os aspectos emocionais de nossa conduta, nos ensina sobre os caminhos que o cérebro percorre para avaliar diversas situações. Há o caminho curto (tálamo-amígdala) e o longo (tálamo- córtex).

No caminho curto, quando a situação que se apresenta é muito perigosa, a amígdala cerebral decide comandá-la, agindo de imediato e garantindo a sobrevivência. A avaliação feita por essa pequena estrutura é rápida, mas, frequentemte, imprecisa, o que faz com que nós nos equivoquemos.

O caminho longo se estende do tálamo até as distintas áreas de processamento do córtex, onde as sensações provenientes de quaisquer partes do corpo são reconhecidas e analisadas. É assim, portanto, que os magníficos lóbulos pré-frontais, a partir de toda a informação que recebem, podem dirigir nossas condutas até um fim e compreender a atenção, planificação, sequência e reorientação de nossos atos.

Educar nossos lóbulos pré-frontais nos leva ao desenvolvimento da empatia, ao conhecimento de nossas próprias emoções e à capacidade de nos desenvolvermos plenamente em sociedade.

A educação emocional no dia a dia

É fundamental educar a emoção, embora esta não seja uma tarefa fácil nem capaz de ser realizada por qualquer pessoa.

Devemos começar com as seguintes perguntas:

  • Quantas emoções podemos constatar em um dia?
  • Com quantas mentes e mundos psicológicos nos encontramos ao longo de nosso cotidiano?
  • Quantas sensibilidades diversas podemos encontrar dentro do próprio núcleo familiar?
  • Se somos essencialmente emocionais, por que é tão difícil para nós ensinarmos os outros a descobrir e a gerenciar as emoções?
  • Por que não nos permitimos crer que somos capazes de crescer emocionalmente e também não deixamos nossos filhos compreenderem e expressarem suas emoções?

Na busca por sermos melhores a cada dia neste processo de crescimento, não devemos nos esquecer das poderosas ferramentas para a mudança que temos dentro de nós. Essas ferramentas são nossas emoções, nosso combustível e piloto de nossa personalidade. Nossas emoções nos convidam a pensar que as coisas essenciais podem deixar de ser invisíveis aos olhos. Devemos começar a ver também com o coração, sem reduzir tudo às nossas análises mentais.

As emoções nos acompanham durante a vida inteira. Dão cor à nossa vida pessoal e às nossas relações com os outros. São um termômetro para medir a qualidade de vida – nossa e a das pessoas que nos rodeiam.

Graças às emoções, recebemos, imediatamente, mensagens instintivas sobre todo o mundo que nos cerca. Por isso, educar e educar-nos para a identificação e gestão das emoções irão nos ajudar a saber dar mais significado a cada momento que vivemos.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Psicologiasentimentos
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia