Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Fisiologia da castidade

lzf
Compartilhe este artigo para ter a chance de ganhar uma peregrinação a Roma
Compartilhar
Compartilhei
Compartilhamentos

Uma solução concreta para controlar a própria sexualidade

Oi gente!

Hoje eu vim falar com vocês sobre um assunto que eu gosto muito: fisiologia ; unido a outro que é a dificuldade das nações: castidade.

Eita Pai!

O sexto mandamento da Lei de Deus é: “Não pecar contra castidade”. O catecismo da igreja católica nos diz: “Entre os pecados gravemente contrários à castidade é preciso citar a masturbação, a fornicação, a pornografia e as práticas homossexuais” (CIC 2356).

O ato sexual só deve ser vivido pelos casais que possuem o sacramento do matrimonio. Qualquer prática sexual fora do sacramento, com a busca de satisfação pessoal, sem a finalidade de procriação e união é falta grave contra esse mandamento.

Pesado, né? Mas foca aqui em mim.

Quando Deus criou Homem e Mulher, institui que tornariam- se uma só carne e incluiu nesse pacote a intimidade e o prazer sexual.

“O marido cumpra o seu dever para com a sua esposa e da mesma forma também a esposa o cumpra para com o marido. A mulher não pode dispor de seu corpo: ele pertence ao seu marido. E da mesma forma o marido não pode dispor do seu corpo: ele pertence à sua esposa. Não vos recuseis um ao outro, a não ser de comum acordo, por algum tempo, para vos aplicardes à oração; e depois retornai novamente um para o outro, para que não vos tente satanás por vossa incontinência. Isto digo como concessão, não como ordem.” (Corintios 7, 3-6)

Deus é bom!

A gente que é ruim e cisma de viver as coisas fora do tempo, né mores?

Eu tenho uma dica valiosa pra vocês, mas para continuarmos eu quero apresentar uma “galera”:

Noradrenalina- também chamada de norepinefrina, é uma das substâncias que mais influencia o humor, ansiedade, sono e alimentação junto da serotonina, dopamina e adrenalina;

Serotonina– atua regulando o sono e o humor

Dopamina- conhecida como neurotransmissor do prazer, combate os hormônios do estresse;

Endorfina- substância natural produzida pelo cérebro durante e depois da atividade física. Considerado um analgésico natural. Gera felicidade, bem- estar, prazer e bom humor;

Agora se liga nisso aqui:

Durante o ato sexual nosso corpo produz dopamina e endorfina. Os dois são os responsáveis por gerar em nós sensações de felicidade, euforia e bem-estar.

Durante a prática de atividades físicas o nosso corpo aumenta o nível de neurotransmissores, como a noradrenalina, a serotonina e a dopamina. Esses neurotransmissores produzem a sensação de relaxamento e bem- estar citada ali em cima. Lembram?

Logo que se inicia qualquer atividade física, o nosso sistema nervoso central começa a liberar as substâncias na nossa corrente sanguínea e seus efeitos são perceptíveis mesmo depois de finalizado o exercício. A prática regular de atividade física ajuda também na regulação dos níveis de endorfina no nosso corpo.

Ou seja, ato sexual e atividade física produzem as mesmas substâncias no nosso corpo.

Top né?

Visto tudo isso, eu tenho uma partilha pra vocês:

O que eu tenho visto na evangelização e cuidado dos jovens é uma geração que busca desenfreadamente o prazer, sem preocupações com as consequências. Tenho encontrado uma geração ferida emocionalmente, famílias destruídas, gestações indesejadas e aumento das estatísticas de DST, tudo pelo prazer.

Nós sabemos que a castidade não se resume à abstinência sexual, que ela diz do nosso modo de ser e de nos relacionarmos com os outros. Contudo, hoje eu quero me ater ao tal prazer!

Essa mesma geração ferida e doente é a geração que não é capaz de assumir os próprios vacilos e põe a culpa dos seus atos nos hormônios. “Eu não consigo me controlar”, “O corpo pede” e blábláblá….

Quero dizer pra você que suas desculpas acabaram!

Toda a sua necessidade hormonal pode ser produzida de outra forma.

Saudável e casta.

“Se queres ser feliz, sê casto”
Santo Agostinho

Deus abençoe!

(via Colo de Deus)

Selecione como você gostaria de compartilhar.

Compartilhar
* O crédito para artigos compartilhados será fornecido somente quando o destinatário do seu artigo compartilhado clicar no URL de referência exclusivo.
Clique aqui para mais informações sobre o Sorteio da Aleteia de uma Peregrinação a Roma

Para participar do Sorteio, você precisa aceitar os Termos a seguir


Ler os Termos e Condições