Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconAtualidade
line break icon

"A minha barbaridade é melhor que a sua"

CC

Francisco Vêneto - publicado em 22/03/18

Nossa polarização ideológica doentia nos tornou estúpidos, hipócritas ou as duas coisas?

Nenhum homicídio é tolerável de nenhum ponto de vista, a não ser que tenha ocorrido de modo inevitável como legítima defesa – e ainda assim é profundamente degradante que um ser humano tenha chegado ao ponto extremo de “precisar” ser morto porque usou a própria liberdade para a barbárie.

Se estamos todos de acordo com a obviedade de que todo e qualquer homicídio é uma selvageria cuja mera ideia deveria chocar todo e qualquer ser humano, por que não nos chocamos também com a promoção da barbárie disfarçada, absurdamente, de protesto contra a barbárie?

Toda barbárie demanda protesto urgente – mas autêntico. Protestar é mais que um direito: temos o dever de nos manifestar com implacável veemência diante dos assassinatos que entraram para a nossa cotidianidade de país que se finge de cordial, alegre e pacífico. Mas protesto autêntico é contra toda barbárie, não contra algumas barbáries; é contra todos e cada um dos 60.000 assassinatos por ano ou 164 por dia; e é contra até a insinuação de que algum assassinato seja menos assassinato que os outros.

Por isso mesmo, e deixando claro que não se trata de compará-las sob nenhuma perspectiva às cenas chocantes e diárias de cadáveres de todas as cores, sexos, idades, classes e origens, derrubados brutalmente em nossas calçadas, em nossas picadas, em nossas escolas, em nossas cadeias, em nossos asfaltos, em nossas favelas, em nossos carros, em nossas viaturas, em nossas igrejas, em nossos estádios, em nossas próprias residências, em nossos locais de trabalho, em nossos locais de lazer e até mesmo dentro do útero das nossas gestantes, às dezesseis dezenas por dia, temos também o imperativo moral categórico de nos perguntar, diante das três imagens reproduzidas abaixo, se a nossa polarização ideológica doentia nos tornou estúpidos, hipócritas ou as duas coisas.

Foto 1 – “Morte aos golpistas”:

CC

Foto 2 – “Matem a PM”:

Foto 3 – “Tiro na PM”:

Em nome de quê estamos desistindo da civilização?

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
BrasilIdeologiaintoleranciaPecadoViolência
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia